As turmas do Jardim II ‘A’ do turno da manhã com as professoras Carlla Souza e Érica Monaliza e do 5º ano ‘B’ do turno da tarde da professora Ana Paula Brito escolheram o parque Florestal de Santa Cruz do Capibaribe para realizar as atividades comemorativas da Páscoa.

Durante a manhã desta terça-feira (28), a turma do Jardim II ‘A’ foi ao parque florestal para uma aula diferente, cheia de diversão e aprendizado na presença da natureza.

“Ensinar o verdadeiro sentido da páscoa para os nossos pequenos é de extrema importância, mas além disso, ilustramos nossa aula com a figura do popular ‘coelhinho da Páscoa em uma divertida caça aos ovos. Proporcionamos uma aula diferente neste ambiente agradável e realizamos um lanche coletivo, onde tivemos a oportunidade de falar sobre solidariedade com as crianças”, explica a professora Carlla Souza.

Já na parte da tarde, a turma do 5º ano ‘B’ participou de um delicioso lanche coletivo realizado pela professora Ana Paula Brito. Na sombra das árvores a educadora falou sobre o real objetivo da Páscoa.

“Esse é um período excelente para falarmos sobre o verdadeiro sentido da Páscoa, que é o amor pelo nosso semelhante. Respeito ao próximo, solidariedade, união e coletividade são alguns dos pontos que trabalhamos com as crianças. Vivenciando atividades como essa temos certeza que eles levarão esses aprendizados para a vida”, afirma a professora.

 

 

 

Homenagens e resgate às vivências das mulheres que fizeram e fazem a história de Santa Cruz do Capibaribe marcaram, na noite desta terça-feira (27), o primeiro Prêmio Josefa Mendes de Barros, na Câmara de Vereadores.

A ação foi realizada pela Secretaria de Governo e Desenvolvimento Social, por meio da Coordenadoria da Mulher, e premiou 28 mulheres da Capital da Moda. O encontro contou com apresentação musical de Paula Voices, presença de autoridades, parentes e representantes das homenageadas.

Ao prestigiar o evento o prefeito Edson Vieira falou da justa homenagem às mulheres santa-cruzenses. “Nunca é tarde para homenagear quem tanto fez e tanto faz pelo desenvolvimento de nossa cidade. Estou feliz por estar prefeito e poder participar dessa justa honraria. Obrigado a todas as mulheres guerreiras e batalhadoras que fazem o nosso município”, destacou o gestor.

“Para nós é uma grande satisfação começar este projeto, ele veio para mim como uma realização pessoal, pois catalogamos um pouco a história de Santa Cruz do Capibaribe, uma história que necessariamente perpassa pelas mãos das mulheres desse município”, frisou Iana Paula, coordenadora da Mulher.

Alessandra Vieira, secretária de Governo e Desenvolvimento Social, falou sobre as atividades realizadas durante o mês de março. “Tivemos um mês atípico, cheio de atividades ligadas às lutas e conquistas femininas em Santa Cruz do Capibaribe. Estamos encerrando com chave de ouro, homenageando quem influenciou e quem atua diretamente no desenvolvimento do município”, frisou a secretária.

A programação do mês das mulheres contou com ações de combate à violência contra mulheres, café da manhã, relato de experiências, apresentações culturais, palestras e finalizou com homenagem às mulheres que fizeram e fazem história em Santa Cruz do Capibaribe.

.

Conheça as homenageadas:

Mariana Monteiro da Silva, Petronila Senhorinha dos Santos (Dona Petinha), Inácia Andrade da Silva, Áurea Maria Xavier da Rocha Felix, Elvira Maria da Silva, Veralucia Barbosa Ramos Prudêncio de Carvalho (Vera da Iska Viva), Ana Secundina do Espírito Santo, Josefa Mendes de Barros (Dona Nenzinha), Zilda Barbosa de Moraes Mena, Nautila Nailza Ramos Silva, Narah Pryscilla Bezerra Leandro, Jessyca Monica de Lima Cavalcante, Verônica Maria de Barros Valadares, Clarissa Barbosa Ramos Prudêncio de Carvalho, Evany Patriota Cordeiro, Avani Lopes Feitosa, Maria Bethania Aragão, Agda Bezerra Moura Nunes, Josefa Desinha Arruda, Maria José Nunes Paulino, Ozanilda da Silva Lima, Lídia Alves Aragão, Zelia de Souza Aragão, Adalva Olinda Xavier Rocha, Joselma Bezerra, Maria José da Rocha Nunes, Amara Josefa da Conceição e Josefa Brigida de Jesus Melo (Zefinha Catanha).

Informações da Assessoria

 

 

 

A prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através do Gabinete do Prefeito, oficializou na noite desta segunda-feira (26), a Concessão de Direito Real de Uso de um terreno para construção de uma Igreja Evangélica Assembleia de Deus – Ministério Shekiná, que será erguida no bairro Acauã.

A concessão foi dada à Associação Beneficente Shekiná de Deus, através do projeto de lei Nº 009/2017, em caráter gratuito, com prazo de 20 anos, sendo prorrogável por igual período. A área cedida mede aproximadamente 700 metros quadrados.

O prefeito Edson Vieira falou sobre a concessão. “Estou feliz e tranquilo, porque cumprimos com aquilo que foi prometido, neste ato assinamos e entregamos toda documentação que ratifica a autorização para construção da Igreja Shekiná no bairro Acauã”, pontuou o prefeito.

“Estamos muitos contentes com este consentimento que não vai favorecer apenas a nossa congregação, graças a essa ação vamos beneficiar muita gente, levaremos ao povo o evangelho e conduziremos uma esperança para a população mais carente de nossa cidade”, disse a pastora Nilda, líder da Igreja Shekiná de Deus.

Alessandra Vieira, secretária de Governo e Desenvolvimento Social, falou sobre a ação. “É gratificante pra gente, enquanto poder público, realizar uma ação que certamente vai levar a palavra de Deus e proporcionar cidadania. Ao conceder terreno para uma igreja estamos investindo também em qualidade de vida”, frisou a secretária.

Essa é a segunda concessão dada pela atual gestão a uma associação evangélica, a primeira foi para a Igreja Adventista do Sétimo Dia do bairro Neco Aragão.

Na oportunidade o prefeito Edson Vieira esteve acompanhado da secretária de Governo e Desenvolvimento Social, Alessandra Vieira; do secretário extraordinário de Habitação, Joab Gomes; e dos vereadores Irmão Val, Naílson Ramos e Caetano Motos.

Informações da Assessoria

 

 

É LEGAL, MAS MORAL…

SEM QUESTIONAR – Por enquanto, não irei questionar a legalidade da licitação sobre água mineral que é distribuída nas escolas municipais de Santa Cruz do Capibaribe, até porque, tirando o valor acima do preço de mercado, o próprio denunciante, vereador Carlinhos da Cohab (PTB), não apresentou elementos suficientes para isso, pelo menos à imprensa.

MAS… – Apesar de não tocar no ponto legalidade, fica difícil falar para nossos leitores que o valor de um garrafão de água mineral acima de R$6,00 é justo, pois a população de Santa Cruz do Capibaribe sabe o valor desse líquido.

OUTRAS INSTITUIÇÕES (I) – A coisa fica ainda mais incoerente, quando o coordenador de controle interno da câmara, em reposta ao vereador Carlinhos da Cohab, afirmar que compra o mesmo produto na referida empresa por R$5,50.

OUTRAS INSTITUIÇÕES (II) – E o que falar quando o Ministério Público, órgão que irá averiguar a denuncia feita pelo vereador, compra o mesmo produto na referida empresa por apenas R$4,00?!

DESGASTE – Entre legal e moral, cada um faça seu julgamento. A empresa e a prefeitura deram suas justificativas, contudo, o desgaste em cima da gestão do prefeito Edson Vieira (PSDB) sobre o referido caso é visível.

.

As opiniões e informações aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador

 

 

 

Na manhã desta quarta-feira (28) a redação do Blog conversou com o empresário Cleiton Barboza, que fez a sua filiação ao Partido progressista na tarde da última terça-feira (27).

O empresário, que também foi candidato a vice-prefeito pelo grupo de oposição nas últimas eleições municipais, vivencia um momento conturbado dentro do grupo Taboquinha, onde lideranças, segundo ele, estão rifando seu nome em uma nova composição com Fernando Aragão para uma eventual disputa em 2020.

.

Confirmação da disputa a Estadual

Na entrevista, o empresário confirmou que irá disputar uma vaga de deputado estadual nas próximas eleições.

De acordo com ele, o aval foi dado pelo próprio deputado federal Eduardo da Fonte (PP), onde contará também com o apoio em Santa Cruz, segundo ele de lideranças como os ex-vereadores Dimas Dantas e Natálio Arruda. Questionado sobre como seria viabilizada sua candidatura, ele disse:

“Lá, se mostrou a viabilidade. São 57 pré-candidatos a deputado estadual, uma chapinha que tem potencial para mais de um milhão de votos e condição de eleger até 14 deputados estaduais. São inúmeras vantagens nessa questão de possibilidade para se vencer a eleição e houve garantias de que o PP dará todo o suporte. É de interesse do deputado que Santa Cruz se desenvolva e saia do marasmo que está. Ele é um deputado atuante e com essa decisão não só ganha Cleiton, mas também Santa Cruz”.

Para Cleiton, essa viabilidade de disputa contra nomes como Diogo Moraes, Alessandra Vieira e o próprio Zé estaria garantida pela Justiça Eleitoral que, segundo ele, estaria mais rigorosa quanto aos gastos de campanha.

.

Uma opção a mais no grupo ou uma nova terceira via?

Cleiton citou também que irá começar a realizar articulações em busca de apoios a sua candidatura na região, mas questionado sobre como seria dizer que estará no mesmo grupo taboquinha ao possuir um projeto eleitoral que rivaliza o de José Augusto Maia, ele disse:

“Diante de tudo isso, eu fui atrás de uma sigla, muito embora houve esse convite. Não me coloco como ‘estar saindo do grupo taboquinha’, mas sim uma opção a mais para as eleições. O PP está liberado para negociar e também está livre para fazer suas articulações. É uma porta que se abre no grupo taboquinha, mas não uma porta que se fecha. Zé tem a história dele e tudo o que acontece no grupo taboquinha foi ele que criou, de vitórias ou conquistas, mas existem outras pessoas no grupo que tem capacidade de trabalhar por Santa Cruz e tem esse desejo de disputar também. Para se galgar algo maior tem que ser na briga? Eu prefiro construir minha história. Se for pelo grupo taboquinha, será maravilhoso, mas se não for… Vamos com a mesma garra e empenho” – disse.

.

Evento de filiação do PP deve ser realizado

Durante a entrevista, Cleiton citou que o PP deve realizar um evento de filiação em Santa Cruz. De acordo com ele, esse evento deve acontecer no próximo mês.

“Está determinada uma data para que o deputado Eduardo da Fonte esteja aqui em Santa Cruz” – disse, pontuando que esse evento deve ser divulgado após sete de abril.

 .

Fernando pode não ser o candidato dos Taboquinhas em 2020, diz Cleiton

Voltando a enfatizar as eleições de 2020, Cleiton pontuou que Fernando Aragão poderia não ser o candidato dos Taboquinhas nas próximas eleições.

Nesse ponto, ele destacou que um novo projeto eleitoral poderia surgir no futuro e deu sugestões para que Fernando Aragão possa se fortalecer diante dessa possibilidade, sendo “rifado” do grupo.

“Fernando tem que ter cuidado, pois 2020 ainda está um pouco distante. Muita coisa pode acontecer. Ele tem que procurar uma sigla partidária para que ele possa ter estabilidade e poder competir. Se ele ficar nos partidos da base, que são de Armando e ao meu ver, também são de Zé Augusto, isso inviabiliza uma futura candidatura de Fernando. Ele tem que agir, correr atrás e se ele quiser vir para o PP, as portas estão abertas. Pela atual situação, tudo pode acontecer, inclusive nada, mas é um futuro incerto para Fernando” – concluiu.

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Gabriela Figueiroa.

Ânimos acirrados entre vereadores da situação e oposição marcaram a 9º Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, nesta terça-feira (27).

Durante a reunião, o clima esquentou após a denúncia do vereador da oposição Carlinhos da Cohab (PTB), contra a prefeitura local de supostamente, superfaturar o preço da água comprada pelo município a uma empresa.

Durante o uso da tribuna, os vereadores da oposição aproveitaram o momento para reforçar a denúncia de Carlinhos e cobrar o mesmo posicionamento da bancada da situação. Já alguns situacionistas utilizaram a tribuna para defender o governo Edson Vieira.

Na reunião, foram discutidos e votados 4 projetos de Lei de autoria do Legislativo, com todos os projetos aprovados. Os demais projetos de Lei que estavam destinados a apresentação foram encaminhados para as comissões da casa.

 

 

 

Foto: Gabriela Figueiroa.

Após a denúncia do vereador Carlinhos da Cohab, sobre o suposto superfaturamento no preço da água mineral, o situacionista Nailson Ramos utilizou a tribuna para defender o governo Edson Vieira das acusações do oposicionista.

Na ocasião, o vereador provocou vereadores da bancada de oposição e citou o período em que a bancada era situação no município.

“Bom era no seu tempo vereador. Bom era no tempo quando sua mãe era secretária de educação e as crianças levavam água mineral no pote de margarina. Ali era bom, pense em um tempo bom” – provocou Nailson.

Durante o discurso, o vereador também justificou o valor cobrado pela empresa. Segundo Nailson Ramos, a empresa tem gastos que podem influenciar no preço da água.

“Senhor presidente tem também os custos da empresa. Uma empresa dessa não tem manutenção de carro? Não tem combustível? Não tem funcionário? Não tem nada disso? Além do mais, tem o lucro do proprietário, ele vai trabalhar de graça? E os impostos? E os garrafões?

Nailson Ramos também questiona os vereadores da oposição, que não teriam observado os supostos erros, durante o processo de licitação.

“No dia da licitação o senhor Ernesto Maia e o nobre vereador Carlinhos da Cohab estavam presentes, os senhores não observaram esse prejuízo que o prefeito Edson Vieira causou aos cofres públicos de Santa Cruz?”, questionou o vereador.

 

 

 

Fotos: Gabriela Figueiroa.

Na tarde desta terça-feira (27), o clima esquentou na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, após o discurso do oposicionista Carlinhos da Cohab (PTB). O vereador denunciou mais uma vez o superfaturamento do preço da água mineral vendida á Prefeitura de Santa Cruz.

Segundo Carlinhos da Cohab, existe uma diferença de preço na água mineral comprada pela prefeitura de Santa Cruz e o Ministério Público do Município.

“O fornecedor de água mineral do Ministério Público é a Ilha Grande, a mesma que fornece a água para a prefeitura por R$ 6,80. E vocês sabem quanto é que a Ilha Grande vai deixar a domicílio? Para o Ministério Público é R$ 4,00”- ressaltou o vereador.

Durante seu discurso, Carlinhos da Cohab estava com um ofício do Ministério Público, no qual, era relatado o preço da água comprada pelo órgão á empresa de Água Mineral e Gelo da Ilha LTDA. O vereador provocou a bancada da situação ao questionar o posicionamento dos situacionistas na denúncia.

“Vão dizer agora que é mentira do Ministério Público? Que o Ministério Público está mentindo? Está aqui o comprovante, R$ 2,80 de superfaturamento, quase 80% de superfaturamento dentro da prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe. Eu quero perguntar a vocês que vão falar aqui na tribuna se vão defender essa safadeza, se vão aceitar o povo de Santa Cruz ser roubado por esses que estão ai?” questionou Carlinhos da Cohab.

 

 

 

Fotos: jabson Nunes.

Na tarde desta terça-feira (27), a polícia militar recebeu denúncias anônimas de que na Rua José Nivaldo de Farias, Loteamento Neco Aragão em Santa Cruz do Capibaribe, havia um homem que estaria fabricando placas de veículos de forma irregular.

O efetivo seguiu ao local, onde realizou o cerco no imóvel e com a autorização do proprietário, Severino Hinô da Silva (49 anos), foram encontrados 1 prensa manual, 50 placas virgens de carros, 42 placas virgens de motos, 7 placas usadas de carros, 25 lacres usados, 2 solas de arame, 25 CRLVs, 1 caixa com diversas tarjetas de destinos, 2 latas de tinta, 1 frasco de secagem tipo spray, além de anotações com placas encomendadas.

No interior da residência, também foi encontrada a importância de R$ 3.374,00 em espécie. O acusado revelou que cada placa custava R$ 50,00 e que, a maioria se tratava de veículos atrasados.

Todo o material junto com Severino foram conduzidos para a delegacia de polícia local, onde ficou a disposição da justiça.

 

 

 

Na tarde desta terça-feira (27), o efetivo do Malhas da Lei cumpriu um mandado de prisão expedido pela comarca da cidade de Altinho contra Adenildo da Silva (27 anos), que reside na Rua da Roseira, em São Domingos, distrito de Brejo da Madre de Deus.

Adenildo é acusado de ter praticado um homicídio em Altinho, dias antes do Carnaval deste ano. De acordo com o acusado, a motivação do crime ocorreu durante uma bebedeira, que segundo ele a vítima de nome Wellington teria dito que iria estuprar a filha do acusado de 4 anos de idade, e que por este motivo iniciou a discussão.

Ainda de acordo com o acusado, ele teria percebido que a vítima estava com uma réplica de arma de fogo na cintura, foi então que começou a luta corporal e que em seguida, acabou assassinando Wellington com pelo menos três pedradas.

Adenildo revelou que após matar a vítima, ele teria quebrado o revólver de plástico no rosto de Wellington. O acusado deverá ser encaminhado para o presidio de Altinho.

 

 

 

Alunos do Ensino Fundamental II e Ensino Médio da Escola Dinâmica realizaram recentemente o Projeto ‘Multiplicando Sorrisos’ idealizado pelo professor de Matemática, Gabriel Heberth.

Os alunos se reuniram e compraram ovos de chocolate, eles também realizaram uma campanha e conseguiram arrecadar roupas, agasalhos e cestas básicas. Familiares, amigos e colegas de escola colaboraram com a campanha.

No último dia 22, os alunos do Ensino Médio da Escola Dinâmica realizaram entregas na creche Júlia Oliveira no bairro Santo Agostinho e na comunidade do papelão, onde os moradores foram surpreendidos com a ação dos estudantes.

“O verdadeiro significado da Páscoa está longe de ser um chocolate. Nossa intenção foi mostrar as crianças que o verdadeiro significado da Páscoa é Jesus, é o amor pelo próximo. O objetivo desse projeto era fazer com que os estudantes percebessem que existem realidades diferentes na nossa sociedade, e que é possível ajudar com pouco”, explica o professor Gabriel.

O professor também destaca o compromisso da escola em ensinar além dos conteúdos que são abordados em sala de aula.

“Na Escola Dinâmica a gente não ensina só Matemática, Português e outras disciplinas… A gente ensina princípios também. É um projeto com foco no amor, com foco em amar o nosso irmão, aqueles que a gente tem pouco contato, mas que existem pessoas que se preocupam com eles”, diz o professor.

O projeto foi planejado entre os alunos com o acompanhamento da equipe pedagógica da escola. Os estudantes se dividiram em grupos para realizar as visitas oferecendo alegria e amor.

Confira mais fotos:

 

Informações da assessoria.

 

 

 

Nesta terça-feira (27), por volta das 11h40, policiais militares da cidade de Frei Miguelinho, realizavam rondas quando suspeitaram que três indivíduos estariam em um veículo Onix de cor branca.

Na ocasião em que os elementos perceberam a presença do policiamento, eles tentaram fugir e acabaram colidindo contra outro carro que transitava em sentido contrário. Com o impacto, o condutor do Onix perdeu o controle e acabou capotando em frente a uma residência.

Segundo a Polícia Militar, ninguém ficou ferido. Os três suspeitos tiveram ferimentos leves e foram encaminhados para a delegacia da cidade.

 

 

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na noite da última segunda-feira (26), um homem, de 29 anos, que conduzia um carro roubado. O flagrante foi realizado durante uma fiscalização na BR 232, em Caruaru.

Durante uma ação de policiamento com o apoio do Grupo de Operações com cães da PRF, foi dada ordem de parada ao motorista de um carro, que desobedeceu e fugiu em alta velocidade. Após cinco quilômetros, o veículo foi alcançado e o condutor admitiu que o automóvel era roubado.

O carro utilizava placas clonadas e possuía registro de roubo no dia 12 de março deste ano, no município de Arapiraca, em Alagoas. O homem informou que havia sido contratado para entregar o veículo em Caruaru.

Durante questionamentos, foi constatado que o condutor possuía passagem pela polícia por tráfico de drogas e receptação de veículo roubado. O motorista foi detido e encaminhado junto com o veículo à Delegacia de Polícia Civil da região.

 

 

 

A Casa José Vieira de Araújo realiza na tarde desta terça-feira (27) a nona reunião ordinária do primeiro período de 2018. Além da apreciação de projetos de lei e requerimentos, 15 deles sobem a tribuna para discursos.

1 – Nailson Ramos (PMDB)
2 – Marlos da Cohab (Podemos)
3 – Augusto Maia (Podemos)
4 – Ronaldo Pacas (PR)
5 – Deomedes Brito (PT)
6 – Junior Gomes (PSB)
7 – Capilé da Palestina (Podemos)
8 – Toinho do Pará (PSB)
9 – Caetano Motos (PROS)
10 – Zezin Buxin (PSDB)
11 – Irmão Val (SD)
12 – Helinho Aragão (PTB)
13 – Carlinhos da COhab (PTB)
14 – Ernesto Maia (PT)
15 – Klemerson Pipoca (PSDB)

 

 

 

 

Notícias Anteriores


 




error: Copiando nosso texto?