Avant 11 2015

.

.

.

Unopar Arraiá

Zezin-Buxin-2015Em entrevista concedida ao Blog, o vereador de situação Zezin Buxin (PSDB), falou sobre as acusações feitas pela bancada adversária, que abandonaram o plenário antes da leitura e votação do polêmico Projeto de Lei, que solicita a autorização de parcelamento em 48 parcelas da dívida da prefeitura, superior a R$ 1,7 milhão, com o Santa Cruz Prev.

Os mesmos alegaram que houve o uso de manobra por parte do presidente da Casa, Afrânio Marques (PDT), assim como de seus pares, para que fosse impedido o pedido de vistas por parte da Oposição, fato que poderia atrasar em mais uma semana a votação do projeto, que acabou sendo aprovado. Sobre as acusações da Oposição, Zezin foi enfático:

“A Oposição não poderia falar outra coisa. Da Oposição, eu não espero elogios hoje, amanhã ou nunca, ainda que mereçamos. Não espero elogio nenhum. Estratégia… Houve sim. Eu não diria ‘manobra’, (mas sim) estratégia; tudo pelo regimento. Não tem nada que foi feito aqui não tinha sido regimental. É claro que eles vão dizer que é ‘manobra’, eu chamo de ‘estratégia’. Estratégia inclusive, repito, dentro do regimento. Nada foi desobedecido aqui; eles podem dizer o que quiserem, mas não vão conseguir provar nenhuma ação aqui por parte do presidente (Afrânio Marques) que esteja fora do regimento” – pontuou.

Via Motos 03 2016

.

.

.

Moda Center_H1N1

IMG_7013Durante entrevista concedida ao blog, o vereador de oposição Carlinhos da Cohab (PTB) fez um duro desabafo, carregado de críticas, contra o presidente da Câmara, vereador Afrânio Marques (PDT).

O vereador, que também se retirou da sessão, acusou Afrânio de, segundo ele, usar de manobra política para que o polêmico Projeto de Lei, que solicita a autorização de parcelamento em 48 parcelas da dívida da prefeitura, superior a R$ 1,7 milhão, com o Santa Cruz Prev, fosse levado a votação e aprovação na Casa.

“Nos retiramos mesmo, porque essa forma que estão fazendo aqui nesta Casa é uma forma safada. Podem entrar com uma ação contra Carlinhos… Uma forma safada. Afrânio Marques, você é a vergonha, um manobrista para acoitar safadezas. Quando eu entrei aqui nesta Casa, antes da reunião, foi solicitar a pauta para ver se ia entrar o projeto de lei e o professor Afrânio não queria entregar a pauta para saber se (o projeto) estava. Eu tive que ir na bancada (de situação) lá tomar uma pauta porque ele não queria. Santa Cruz, vocês estão sendo enganados, percebam isso. Olha as manobras que eles estão fazendo aí… Quem perde mais uma vez é povo de Santa Cruz” – disse.

CP Vivendas

.

.

.

Unipeças 04 2016

Ronaldo PacasEm entrevista concedida ao blog, o vereador Ronaldo Pacas (PSDC) falou sobre a atitude tomada pela bancada de Oposição em se retirar do plenário.

A bancada se retirou após acusar o presidente da Casa e vereadores situacionistas de colocarem em prática uma manobra para que o Projeto de Lei, que solicita a autorização de parcelamento em 48 parcelas da dívida da prefeitura, superior a R$ 1,7 milhão, com o Santa Cruz Prev, fosse levado a votação e aprovação.

“Na visão regimental, eles teriam todo o direito. Mas achei estranho a forma conduzida pelo próprio líder da bancada em se retirarem, porque o que houve foi a inversão da reunião quando o próprio regimento diz que, primeiramente, devem ser votados os projetos para depois ser usado a tribuna. Culturalmente, sempre se usava (o oposto) e atendendo ao pedido de Junior Gomes, o presidente atendeu, não fugiu o regimento em nada e fica a critério da bancada em ter abandonado. Lamento, até porque iria ser um debate bom” – disse.

Já sobre as declarações da oposição de que houve uma manobra para que o projeto polêmico fosse levado a votação, Ronaldo negou e fez críticas a uma atitude, segundo ele, tomada por Ernesto Maia:

“O projeto estava na pauta. Eles sabiam desde o princípio. O próprio vereador Ernesto Maia começou a tumultuar a reunião logo no princípio quando ele sorteou a ele próprio e não aceitou, disse que não valia, colocou a bola dentro novamente, por infelicidade dele, o sorteei novamente. Quando tem que ser, é e não adianta” – disse.

GIF---LUCIANO-BEZERRA-03

.

.

.

Fisioterapia Banner 04 2016

 

IMG_7010Em entrevista concedida ao blog, o vereador Ernesto Maia (PT) falou sobre a saída de toda a bancada de Oposição do plenário da Câmara na tarde desta quinta-feira (28).

A saída se deu momentos antes da leitura, por parte do secretário da Mesa Diretora, do projeto que solicita a autorização do parcelamento da dívida da prefeitura com o Santa Cruz Prev.

Visivelmente indignados, a bancada alegou que o presidente da Casa, Afrânio Marques (PDT), teria utilizado de uma manobra para permitir que o projeto polêmico fosse levado a votação.

Ernesto fez duras críticas a Afrânio que, segundo ele, não deu preferência ao pedido de vistas ao projeto por parte de Fernando Aragão. Se o pedido de vistas tivesse sido aceito, o mesmo não seria votado esta semana, já que não era intenção da bancada em devolver o projeto a mesa diretora da Casa. De acordo com o regimento, cada projeto de Lei só pode ter apenas dois pedidos de vistas.

“O presidente Afrânio envergonhou a Câmara e envergonhou a sua história, decepcionou os servidores de Santa Cruz do Capibaribe. Eu disse na semana passada que ele ia se render as vontades do prefeito, usou de manobras para que o pedido de vistas, feito primeiramente pelo nosso líder Fernando Aragão, não valesse. Depois que abriu a reunião, eu já senti que eles iam fazer essa manobra, eu pedi (vistas) também e ele também não aceitou para, apenas, aceitar os pedidos de vistas dos vereadores da situação. Eles iriam devolver o projeto e votar sem precisar da votação dos vereadores da situação. Isso é muito triste, inclusive para os servidores que votaram em Afrânio, que sempre se mostrou um defensor dele e ele fazer essa manobra, que prejudicou os servidores… Infelizmente esse é o retrato da chance que pediram” – disse.

Segundo Ernesto, a bancada irá recorrer na justiça para que a sessão seja cancelada.

Primeiro Mundo

.

.

.

Magda 03 2016

IMG_7034Líder dos professores, Luciene Cordeiro comunicou aos demais o resultado da ida a promotoria – Foto: Thonny Hill

O término da polêmica sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe na tarde desta quinta-feira (28), que aprovou o projeto de parcelamento da dívida da prefeitura com o Santa Cruz Prev, rendeu muitas discussões nos bastidores.

Uma das mais sérias foi entre servidores que integram o Sindicato dos Professores Municipais (Sinduprom). Visivelmente revoltados com a aprovação do projeto, que autoriza o pagamento em 48 parcelas da dívida superior a R$ 1,7 milhão pelo não repasse de contribuições de ordem patronal, uma comissão se dirigiu ao Ministério Público (MPPE).

A alegação é de que o governo municipal não cumpriu a sua parte no Projeto de Lei, aprovado pelos vereadores e que deu origem ao regime de Previdência Própria de que, em caso de atraso no repasse de contribuições, a parcela do mês seguinte do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) seria utilizada para a quitação da dívida.

Ao se dirigirem ao MPPE, os professores foram solicitados de que comparecessem na próxima terça-feira (03), de modo a que uma reunião seja realizada com a promotoria.

Ainda de acordo com professores, uma passeata e uma panfletagem deve ser realizada no próximo domingo (01) na Avenida 29 de Dezembro, local onde acontece o projeto do Cidade Lazer.

A ideia, segundo eles, é mobilizar a maior quantidade de professores para o ato e chamar a atenção da sociedade quanto a polêmica.

zoom

.

.

.

Sport Company 05 2016

Rádio-Debate-Blog

Rádio Debate destaca audiência pública sobre o parcelamento de dívida da Prefeitura com o Santa Cruz Prev

O Rádio Debate desta quinta-feira (26) abordou a entrevista do empresário Flavio Pontes ao Blog do Ney Lima, que é um dos nomes cotados para ser vice-prefeito na chapa de Oposição para as eleições 2016.

Outro ponto em destaque foi em relação á audiência pública que tratava do parcelamento da dívida da Prefeitura com o Santa Cruz Prev.

Participaram do programa, o ex-deputado federal José Augusto Maia e seus filhos, Augusto Maia e o advogado Thallys Maia.

Confira o programa na integra:

 

Blumasa 06 2015

 

 

 

Point Gospel - Louva Caruaru

santa-cruz-do-capibaribeFoto: Guaraci Baldi.

 

O município de Santa Cruz do Capibaribe,  será contemplado  com os serviços de esgotamento sanitário. Nesta semana, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) lançou o edital de licitação que vai contratar a empresa ou consórcio para elaborar e executar o projeto do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) da sede do município.

A obra faz parte do Programa de Sustentabilidade Hídrica de Pernambuco (PSH-PE), financiado pelo Banco Mundial. Pelo contrato, a empresa que elaborar o projeto também ficará responsável por sua execução e apoio técnico durante um período após sua entrega.

O SES de Santa Cruz do Capibaribe prevê a dotação de saneamento para toda a área urbana do município. Inserida na Bacia Hidrográfica do Rio Capibaribe, a cidade hoje possui trechos de rede que recolhem os efluentes gerados pelos imóveis, mas sem dar os devidos tratamento e destinação a eles. O resultado é o lançamento de dejetos in natura no rio, contribuindo para sua poluição.

A obra prevê a expansão da rede de esgoto que é operada pelo município, interceptando-o às margens do Rio Capibaribe para que receba tratamento antes de ser devolvido ao meio ambiente.

Serão implantados 20 quilômetros de rede coletora para complementar a existente, um interceptor e emissários, incluindo ramais de calçada. Também serão construídas quatro Estações Elevatórias (EE) e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) com capacidade para tratar até 346 litros de efluentes por segundo.

O contrato firmado através do PSH-PE com o Banco Mundial é da categoria Turnkey, na qual a empresa, ou consórcio, a ser contratada será responsável pela elaboração do projeto executivo completo do sistema e por sua implantação. O prazo previsto para o contrato é de 36 meses.

 

Com informações da Assessoria da Compesa.

sign digital 08 2015

.

.

.

ESA 2016 08

AgcsvORd2WwvFBPsI-RBvllYeBB40rrzC_AavDaENOa6

 

Aconteceu na manhã desta quinta-feira (28), um homicídio na zona rural de Jataúba. O fato ocorreu no Sítio Apolinário. A vítima foi identificada como sendo, Anderson José Vidal, conhecido por “Fumaça” (19 anos).

Segundo informações, a vítima se dirigia até o seu trabalho, quando foi surpreendido por dois elementos desconhecidos que efetuaram alguns disparos de arma de fogo, atingindo a vítima em uma das mãos e na nuca, que não resistiu e faleceu no local.

 

AuPnwLM897zh4SKIBQVdyYBxpVGf7K4qcSwJEiKKVX_o

 

O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru.

Rota do Mar 05 2016 08

 

 

 

 

Dinâmica - Jantar das Mães

IMG_7023Fotos: Thonny Hill.

Na tarde desta quinta-feira (28), a reunião da Câmara de vereadores de Santa Cruz do Capibaribe teve um clima quente, que se deu em relação ao projeto o polêmico, que pede o parcelamento do débito, superior a R$ 1,7 milhão, da prefeitura com o Santa Cruz Prev.

A polêmica começou já no início da sessão, quando os vereadores Luciano Bezerra (REDE) e Fernando Aragão (PTB) fizeram o pedido de vistas ao projeto, sendo que este fora aceito pelo presidente da Casa, o vereador Afrânio Marques (PDT).

 

IMG_7021IMG_7020

.

Com o pedido conjunto, se achava que o projeto não mais seria levado a votação porque, de acordo com o regimento, um Projeto de Lei só pode ter dois pedidos de vistas e para que este fosse votado, teria que ser devolvido à mesa diretora da casa. A devolução fazia parte dos planos de Luciano, mas não de Fernando Aragão.

Pouco tempo depois, vereadores da bancada situacionista questionaram o momento em que o pedido de vistas foi feito que, segundo eles, não foi realizado no momento permitido, segundo o regimento.

Dado andamento a sessão, foram anulados os pedidos de vistas de Fernando e Luciano, sendo que, em seguida, novos pedidos de vistas foram feitos, desta vez pelos situacionistas Junior Gomes (PSB) e Klemerson Pipoca e pelo oposicionista Fernando Aragão.

Iniciados novos debates, o presidente da Casa, Afrânio Marques, afirmou que os dois novos pedidos de vista foram feitos primeiramente pelos dois situacionistas e não por Fernando. O fato revoltou o vereador, que alegou ter feito o pedido de vistas antes do vereador Pipoca.

Como os dois optaram pela devolução do projeto a mesa, a sessão seguiu com seus preparativos para a primeira discussão votação. Foi a partir daí que, revoltados e alegando a realização de mais uma manobra por parte dos situacionistas, toda a bancada de Oposição se retirou do plenário.

IMG_6993IMG_7007

 

Ao sair do local, os parlamentares se dirigiram até a Promotoria Pública do município, porém a mesma já estava fechada.

A sessão seguiu normalmente apenas com a presença da bancada de situação e o projeto do Poder Executivo, que pede a autorização do parcelamento em 48 meses, foi aprovado em duas votações por unanimidade pelos vereadores presentes.

Dry Jet 03 2016

 

 

 

São João EJC

1 Assembleia de Pais e Mestres

 

O evento aconteceu nesta quarta, 27 de abril, à noite no Espaço Conviver, contou com pais e responsáveis da Educação Infantil e Ensino Fundamental anos iniciais. Na oportunidade, pais e professores refletiram sobre os pilares que compõem a formação integral e os valores que são indispensáveis para à vida.

 

P_20160427_190544P_20160427_190641

 

A programação buscou potencializar ainda mais os caminhos e os desafios para uma EDUCAÇÃO DE QUALIDADE, além de oportunizar um encontro de muita sinergia com toda a comunidade escolar.

 

P_20160427_190814

 

Nesta quinta 28, pais e professores do Ensino Fundamental anos finais e Ensino Médio estarão se reunindo em duas etapas, manhã e tarde, para também refletirem questões ligadas ao desempenho escolar e receberem os resultados do I bimestre letivo.

 

Confira as fotos:

 

 

Informações da Assessoria.

contábil

 

 

 

 

Camara Primeiros Socorros

 

 IMG_7745

Acompanhado dos filhos, o ex-deputado federal José Augusto Maia participou do Programa Rádio Debate, nessa quinta-feira (28). Movimentações para as eleições 2016, e suas contas de gestão, referentes ao ano de 2007, aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), estiveram na pauta.

Os filhos, Tallys e Augusto Maia são pré-candidatos ao legislativo municipal e, com o novo cenário político na cidade, com a desistência de Galego de Mourinha (PTB), são vistos como possíveis candidatos a vice na chapa oposicionista.

Contas aprovadas

O ex-prefeito conseguiu reverter o entendimento do TCE e obteve a aprovação das prestações de contas relacionadas a 2007. As mesmas foram rejeitas em 2011, mas tiveram os efeitos anulados por uma liminar da justiça concedida pouco antes do pleito de 2012. 

José Augusto comemorou o resultado. Ainda mais, segundo ele, por essas contas ser a que lhe dava ‘mais dor de cabeça’.

“Essa era uma das mais preocupantes para mim. Era a única que tinha devolução de dinheiro. Quando uma conta tem isso, é por que diz que houve desvio, superfaturamento…Então, essa era a conta que dava muita dor de cabeça. O Tribunal, dentro do processo, dizia que eu teria que devolver R$ 200 mil”, disse.

De acordo com Zé, era o único ano em que o órgão fiscalizador entendia que existia dolo ao Patrimônio Público, em suas contas.

Prefeito por 8 anos, ainda faltam ser analisadas e votadas, na Câmara de Vereadores, contas referentes aos anos de 2006 e 2008.

E o vice?

Com a desistência do vereador Galego de Mourinha (PTB) na chapa majoritária, o entendimento é que José Augusto faça a indicação. Tallys Maia e o empresário Flávio Pontes são cotados para preencher a vaga. O empresário, inclusive, já havia sido convidado no início das conversas, antes mesmo de Galego, mas não teria aceitado.

IMG_7741

José Augusto, no entanto, pede para que o grupo o aguarde de uma viagem que fará por cerca de 8 dias, para depois tomar a decisão e fazer o anúncio.

“Cedi para tudo, em tudo. Sacrifiquei meu próprio filho. Tallys amanheceu como pré-candidato a vice foi dormir eu tendo que retirar”, falou em referências às reviravoltas na chapa. “Por toda minha trajetória, das alegrias e tristezas que tivemos, peço a todos que esperem a minha volta, para sentar com todos e definir”, concluiu evitando deixar nomes antecipadamente.

Com ou sem chapinha?

José Augusto, evita ainda garantir a formação de uma chapinha na disputa proporcional, formada por candidatos do PTN. No entanto, ao ser questionado se isso dificultaria os objetivos de vereadores que buscam à reeleição, responde com outra indagação.

“Tem que ver qual o mais importante, a disputa majoritária ou a proporcional? Isso tem que ser visto por todos. É mais importante ter a majoritária com sucesso, ou fazer por causa de um ou dois vereadores, um ou dois suplentes? Isso é um ponto fundamental”, fala.

Dentro do próprio grupo, a possibilidade de uma chapinha liderada por um dos filhos de Zé Augusto e composta, em sua maioria, por novos candidatos, poderia deixar de fora até 2 dos atuais parlamentares oposicionistas.

 

Fotos: Janielson Santos.

 

Vaquejada Poço Fundo até 29 de abril

 

 

 

 

Pharmapele 05 2016

ACUSADOS

Mais uma operação policial resultou na prisão de dois acusados de homicídio na cidade de Toritama.

De acordo com as informações do delegado Victor Leite, da polícia civil, José Ricardo do Nascimento Barbosa (22 anos) e Antony Neves de Lima (24 anos) foram presos após o cumprimento de um mandado de prisão.

Os dois são acusados de matar, a pauladas, Jadilson de Souza Cardeal (conhecido por “Macaxeira”) e, na ocasião, roubaram cerca de R$ 1200,00 da vítima.

O crime aconteceu em agosto de 2015. Ainda segundo a polícia, outras quatro pessoas, também acusadas de participação no crime, estão sendo procuradas.

Os locais onde as prisões foram efetuadas não foram informados.

SAN-MARMORE GIF2016

.

.

 

.

 

 

03 viventy 04 2016

 

 

 

Foto: Thonny Hill (arquivo).

Um motociclista ficou gravemente ferido após sofrer um acidente em uma estrada de terra que dá acesso ao Sítio Algodão, zona rural de Taquaritinga do Norte.

De acordo com as informações, o motociclista identificado por Josenildo Honorato de Sousa teria sido atingido por um carro de passeio. No acidente, ele ficou com uma fratura exposta na perna esquerda.

Ele foi socorrido e, em pouco tempo depois, transferido para o Hospital regional do Agreste, na cidade de Caruaru. A identidade do motorista do carro não foi divulgada.

O acidente aconteceu na tarde de quarta-feira (27).

Trakids 12 2015 GIF

.

 

.

 

.

 

Clique na imagem para maiores informações.

torNa quarta-feira (28) foi registrado mais um crime de morte na cidade de Toritama, o segundo em menos de 24 horas.

De acordo com as informações o crime aconteceu no interior de uma residência localizada a Rua Surubim, bairro da Cohab.

A vítima foi identificada por Claudemir Belarmino de Souza (42 anos), que foi assassinado com, pelo menos, cinco tiros. Ele foi morto enquanto dormia.

Um fato que chamou a atenção é que, segundo a polícia, a casa da vítima não tinha fechaduras. Os disparos foram ouvidos pela esposa da vítima, que dormia em outro quarto.

Ao chegar no local, notou que o marido estava morto. O assassino fugiu do local. Testemunhas relataram que ouviram a chegada de uma pessoa em uma moto e instantes depois, ouviram os tiros.

A polícia militar foi acionada e peritos da Polícia Civil estiveram no local para a coleta de evidências.

O corpo foi conduzido para o IML, em Caruaru. A vítima tinha histórico de uso de drogas e a motivação para o crime segue desconhecida.

Esse é o 17º homicídio do ano naquele município e o segundo em menos de 24 horas.

 

Multmalhas 03 2016

.

 

.

 

.

 

Quimilson-04 2016 GIF

Deomedes

.
Preocupado com a grande quantidade de projetos aprovados na Câmara que não são postos em prática, o vereador Deomedes Brito (PT) trouxe uma ementa datada de 2011, relativo ao Projeto de Lei 1961/2011.

O projeto, segundo o vereador, dispõe sobre a obrigatoriedade do uso de crachá de identificação por todos os profissionais da área de saúde lotados em Hospitais, Policlínicas e Postos de Saúde do Município.

Segundo o vereador, a medida tem como objetivo facilitar ainda mais o atendimento a pessoas que buscam de serviços da rede pública.

“Isso é uma medida simples, que se tomada, ajudaria em muito o atendimento a população que busca a rede pública de saúde. Esse crachá deve conter nome completo, fotografia, cargo e função do profissional, de modo a permitir a fácil visualização” – disse.

Ainda segundo o vereador, o projeto deveria ter sido posto em prática pelo governo a época em 30 dias após a data de sua publicação (30 de maio de 2011), porém o não cumprimento, segundo ele, ainda não é feito também na atual gestão.

“Fico preocupado com isso. São muitas leis positivas que confeccionamos e aprovamos aqui nesta Casa e que, infelizmente, não são postas em prática e isso não é de hoje. Ficamos de mãos atadas porque não somos nós que as executamos, mas a população nos cobra. Vamos continuar a fiscalizar, afinal esse também é o nosso trabalho e, com certeza, continuar a cobrar do prefeito o cumprimento dessa Lei” – disse.

.

Informações da Assessoria.

Notícias Anteriores