índice
Fotos: Thonny Hill e arquivo

Na tarde de quinta-feira (19) foi realizada mais uma tarde de uso da tribuna por parte dos vereadores.

Uma reunião quente, que teve como tema principal o polêmico projeto vindo da prefeitura que pede o parcelamento da dívida, superior a R$ 1,7 milhão, com o não repasse da contribuição patronal ao Santa Cruz Prev.

Confira aquilo que foi dito pelos edis:

Fernando Aragão propõe projeto que autoriza novo parcelamento com Santa Cruz Prev somente com quitação do anterior

FERNANDO ARAGÃO 2016.

No seu discurso, Fernando Aragão (PTB) criticou o projeto enviado pelo Poder Executivo, que pede o parcelamento em 60 meses a dívida superior a R$1,7 milhão e que o assunto deveria ser discutido ainda mais com os servidores.

O vereador se mostrou favorável a discussão do tema em uma audiência pública e sobre o projeto que autoriza o parcelamento da dívida, ele foi enfático nas críticas ao prefeito:

“E o que adianta a Lei, se a própria Lei diz que é para recolher (os atrasados) do FPM e não foram recolhidos?! Qual é a lei que esse homem manda e ele ainda tem a ousadia e a coragem em dividir em 60 meses? Para quem cobrar?” e completou: “Isso é uma piada de mau gosto. Não me venham com essa de lei, quem quer fazer o correto não precisa dela, basta fazer” – disse.

Em seguida, Fernando se prontificou a dizer que fará um projeto de Lei para que um novo parcelamento com o Santa Cruz Prev só possa ser feito com a quitação do anterior.

Carlinhos da Cohab questiona prefeito sobre onde foi investido dinheiro que não foi repassado ao Santa Cruz Prev

carlinhos da cohab.

No seu discurso, Carlinhos da Cohab (PTB) falou de sua nova ida a Recife, mais precisamente a CPRH, e trouxe mais uma vez a polêmica da perda do ICMS verde pelo município.

O fato aconteceu porque o aterro sanitário, foi rebaixado a categoria de lixão por, segundo o vereador, má gestão por parte do Governo Municipal.

Carlinhos falou também sobre a polêmica envolvendo a prefeitura com o Santa Cruz Prev, suja dívida pelo não repasse das contribuições de ordem patronal já passa dos R$ 1,7 milhão, criticou o projeto que autoriza o parcelamento em 60 meses e questionou o prefeito.

“Para onde o dinheiro dos servidores foi? Foi para que obra? Será que foi para pagar o aterro sanitário? Para arrumar a Casa de Apoio em Recife, que está acabada? Preste atenção Santa Cruz, se tem governo que gosta de pintar meio fio para aparecer, esse governo está aqui” – disse.

 

Deomedes Brito reafirma que votará contra projeto que pede parcelamento de dívida da Prefeitura com Santa Cruz Prev

Deomedes Brito 2015.

O vereador petista Deomedes Brito (PT) voltou a destacar sua posição contraria ao projeto que pede o parcelamento da dívida superior a R$ 1,7 milhão da prefeitura com o Santa Cruz Prev.

Deomedes voltou a enfatizar sua posição contrária ao projeto, criticou o prefeito Edson Viera (PSDB) e questionou os vereadores situacionistas sobre que lado, segundo ele, vão ficar no ato da votação.

“A maioria das cidades deu problema com 10, 15 ou 20 anos e aqui foi com um ano e sete meses. Isso é um absurdo, uma irresponsabilidade total com os funcionários públicos. Ele ainda achou pouco parcelar uma dívida em 60 meses, isso é um absurdo. Votarei contra e os servidores não merecem isso”, e completou “Eu quero ver se a bancada de situação é do povo, se vão escutar os funcionários públicos ou vão, mais uma vez, ficar do lado do prefeito” – disse.

Por fim, o vereador fez críticas ao quadro de insegurança no município.

Ernesto Maia afirma que projeto de parcelamento de dívida com Santa Cruz Prev só deve ser aprovado com votação de dois terços da Casa

Ernesto maia.

No seu discurso, o vereador Ernesto Maia (PTB) destacou a sua posição contraria ao projeto que pede o parcelamento da dívida superior a R$ 1,7 milhão da prefeitura com o Santa Cruz Prev.

Segundo o vereador, a dívida está em R$1.754.000,00 e questionou sobre como deve ser votado tal projeto pela Câmara e fez críticas ao prefeito, afirmando que o mesmo implantou o regime de Previdência Municipal visando o dinheiro dos servidores.

“Novamente, eles vêm aqui com a mesma história, o mesmo discurso, quando o que o prefeito quer é pensar no futuro do servidor, mas o que ele quer é o certificado de regularidade da previdência porque, sem esse certificado, não virão recursos principalmente de emendas parlamentares. O sentido da prefeitura é conseguir esse certificado e como essa Lei trata de matéria financeira, deveria ser votada em dois terços” – disse.

O discurso de Ernesto contradiz o que afirmam situacionistas, que alegam que a votação para o projeto cabe apenas para a maioria simples da Casa.

“O prefeito não tem compromisso com os servidores, mas com o caixa da prefeitura para fazer escândalos” – pontuou.

Luciano Bezerra diz que Oposição é contra projeto que parcela débitos ao Santa Cruz Prev para que cidade fique como inadimplente no CAUC

LUCIANO BEZERRA PR 2016.

No seu discurso, Luciano Bezerra (REDE) fez críticas ao vereador Ernesto Maia (PT). Ele relembrou parcelamentos deixados pelo então prefeito José Augusto Maia (PROS) e citou que Ernesto, em seus mandatos, nunca se posicionado em favor dos servidores.

Luciano citou que o prefeito Edson Vieira (PSDB) ainda paga parcelamentos de débitos previdenciários anteriores e citou que quer demonstrar que, com o posicionamento em querer dividir a atual dívida com o Santa Cruz Prev, seria uma forma transparente de solucionar o problema, intensificando as críticas.

“O que diferencia o momento que passamos deste aqui? Ele veio a público mostrando as dificuldades que estamos passando, justificou o débito, chamou os servidores e disse como quer regularizar. A diferença está transparência de como está sendo discutida a matéria. É bom frisar porque que muito se usa da tribuna para fazer um circo e para quem está escutando agora, é a primeira vez após o seu terceiro mandato, o senhor teve a preocupação em se discutir a previdência” – disse.

Luciano completou citando que os vereadores que votassem contra o parcelamento do débito, teriam que dar satisfação a sociedade já que, segundo o mesmo, corre o risco de o município não poder realizar convênios por ficar em inadimplência com o Cauc.

 

Galego de Mourinha afirma que projeto que autoriza parcelamento de dívida  com Santa Cruz Prev só pode ser aprovado com 2/3 da Casa

GALEGO DE MOURINHA PTB 2016.

O vereador Galego de Mourinha (PTB) fez críticas ao Projeto de Lei da prefeitura, que pede autorização de parcelamento da dívida superior a R$ 1,7 milhão com o Santa Cruz Prev.

O valor se deve ao não repasse das contribuições de ordem patronal. De acordo com Galego, a matéria deve ser votada por 2/3 da casa porque, segundo ele, a quantidade de parcelas atinge também o mandato do próximo gestor municipal.

“Eles dizem que não se precisa dos 2/3, mas quando se fazem um parcelamento que vai comprometer a nova administração, ele precisa da autorização da Câmara que, no meu entender, é de 2/3. Ele só vai pagar 15% da dívida e vai deixar o restante para outro gestor” – disse.

Galego de Mourinha afirmou que o prefeito deveria fazer somente esse parcelamento até dezembro, mês final de seu atual mandato.

Narah Leandro destaca articulação que, segundo ela, pode estimular o crescimento da exportação no Polo de Confecções

NARAH LEANDRO PSB 2016.

No seu discurso, a vereador Narah Leandro (PSB) deu detalhes iniciais sobre um projeto que, segundo ela, tem o viés no incentivo à exportação.

A vereadora citou que está havendo uma articulação para que se haja a entrada de pequenos empresários no mercado internacional, que segundo ela, está sendo amadurecido a ideia para que se haja cargas de exportação para reduzir custos logísticos das mercadorias.

“Queremos apoiar os pequenos produtores a entrar no mercado internacional e assim apoiar as suas vendas e gerar emprego e renda para esse Polo” e completou: “Queremos estruturar esse negócio e abrir o continente africano de vez com uma missão empresarial. Estamos sonhando em garantir o crescimento do polo e não possamos ficar estagnados. Precisamos ampliar as vendas” – disse.

A vereadora citou que a realidade local está se tornando um ponto de forte varejo, tendo quedas em vendas no atacado e que esse plano de articulação tem parceria com o Porto de Suape e o Governo do Estado.

Zé Minhoca afirma que programas sociais do PT são esmolas que não estimulam os mais pobres a trabalhar

zé minhoca.

No seu discurso, o vereador Zé Minhoca (PSDB) destacou a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O vereador frisou que reconhece avanços conquistados pelo PT, mas fez críticas a programas sociais que, segundo ele, são esmolas que não estimulam a população mais pobre a trabalhar.

“Foram 13 anos dando esmola, não deixando que o pobre pudesse trabalhar, dava esmolas. Semana passada, tinha um amigo meu que me dizia que estava procurando pessoas para trabalhar e não tinha. Quem quer ganhar R$ 200 por semana no sol escaldante do nosso agreste para fazer cerca, arrancar toco, se o PT está dando dinheiro ao povo?” – disse.

Completando sua crítica ao processo de impeachment, o vereador citou a atual crise econômica, frisando que correligionários do PT roubaram o país e o colocaram na situação atual.

Helinho Aragão rebate Zé Minhoca quanto a posicionamento contrário a aos programa sociais de governos petistas

HELINHO ARAGÃO PTB 2016.

No seu discurso, o vereador Helinho Aragão (PTB) iniciou rebatendo as críticas feitas por Luciano Bezerra (REDE) quanto ao posicionamento contrário ao parcelamento da dívida da prefeitura com o Santa Cruz Prev.

Helinho destacou que seu grupo tinha deixado obras no município que ainda tem serventia após anos como o prédio que abriga a Escola Ivone Gonçalves, a implantação da Guarda Municipal e também a contrapartida para construção do Moda Center.

Em seguida, ele rebateu o discurso feito por Zé Minhoca, que sinalizou que programas de transferência de renda feito pelos governos Lula e Dilma seriam esmolas, que não estimulariam a população mais pobre de trabalhar.

“Só sabe quem precisa de um saco de arroz ou de um saco de feijão para colocar em sua residência. Não diga que são esmolas vereador. Coloque outra palavra vereador” – disse.

Pipoca cobra de Fernando Aragão explicações sobre saída de comissão de finanças as vésperas da votação das contas de José Augusto Maia

KLEMERSON PIPOCA PSDB 2016.

No seu discurso, o vereador Pipoca (PSDB) fez críticas a vários oposicionistas, com destaque a Fernando Aragão (PTB), citando sua saída da comissão de Finanças e Orçamento as vésperas da votação final das contas do ex-prefeito José Augusto Maia (PROS).

“Porque o vereador Fernando saiu da comissão? Dê explicação ao povo, porque o vereador saiu por medo de votar nas contas de Zé Augusto. Uma coisa que é muito importante para o município? Então peça para sair” – disse.

Pipoca citou que Fernando Aragão “correu” da situação e citou que Fernando Aragão também saiu da comissão que votaria o novo projeto de parcelamento da dívida da prefeitura com o Santa Cruz Prev.

“Se o senhor não tem tempo de votar, de estar nas comissões, então peça para sair. Deixe o dinheiro na casa que outro vem e faz o seu trabalho” – disse.

Zé Elias critica situação do uso da tribuna na Câmara: “O que se vê mais nessas reuniões é apenas zoada”

ZÉ ELIAS PTB 2016.

No seu discurso, o vereador Zé Elias fez críticas ao comportamento, segundo ele, desempenhado por boa parte dos vereadores no uso da tribuna.

“O que se vê mais nessas reuniões é apenas zoada, não por todos, mas sempre a zoada é grande” e completou: “Semana passada, tivemos a visita da imagem de Nossa Senhora Aparecida e os padres benzeram essa Casa, mas do jeito que eu estou vendo, a gente vai ter que chamar quem, o Papa ou Jesus? Porque cada vez está piorando. Temos que chamar todos para realizarmos uma missa e mudarmos o discurso de alguns vereadores. O que eu vejo é gente acusado e defendendo e temos que parar com isso, afinal o povo quer é trabalho” – disse.

Em seguida, o vereador falou sobre visitas em ruas do município que ainda precisam de calçamento, especificando seu requerimento para algumas delas.

Dida de Nan rebate Helinho Aragão e desafia Oposição a fazer comparativo de obras entre gestões

DIDA DE NAN PSDB 2016.

No seu discurso, o vereador Dida de Nan (PSDB) fez sua defesa ao Governo Vieira e rebateu críticas de Helinho Aragão.

Helinho, em seu discurso, citou que obras que foram construídas durante gestões taboquinhas estariam servindo a população durante anos e desafiou para que fosse feito o comparativo com a atual gestão.

Dida citou obras como a Praça de Alimentação, mudanças no trânsito, calçamento de ruas, o Calçadão Miguel Arraes, a Central de Abastecimento e outras.

“Esse povo é o seguinte: dinheiro para eles é como jogar água, leva tudo, mas obras… Tenham paciência. Em três anos, Edson fez e vocês… Nada! Então, vocês querem o que?” – disse.

Dida completou seu discurso afirmando que a Oposição faz críticas por criticar e citou que o governo, segundo ele, continua trabalhando mesmo em meio à crise.

Junior Gomes defende Previdência Própria e critica Fernando Aragão por sair da comissão de finanças e orçamento

Junior Gomes 2015.

No seu discurso, Junior Gomes focou o projeto vindo da prefeitura, que autoriza o parcelamento da dívida com o Santa Cruz Prev. Junior fez fortes críticas a Fernando, com destaque em dois momentos.

“Ele teve a oportunidade na comissão de Finanças e Orçamento, em 2014, de analisar esse projeto da criação da previdência própria. Aí chega o vereador, aqui na tribuna e diz: “eu não sei se a presidente da previdência própria é concursada ou contratada”. Vereador, deixa eu ler o artigo 26, que o senhor votou e aprovou, que diz que o cargo de diretor presidente deve ser ocupado por servidor efetivo. O senhor analisou e não sabe essa questão básica? Quando não sabe, fica calado e não se fala besteira” – disse.

Em seguida, Junior criticou a saída de Fernando da mesma comissão, segundo ele, as vésperas de serem votadas as contas de 2008 de José Augusto Maia (PROS).

“Hoje, o senhor estava na reunião da comissão de novo e sem ser membro. Só posso entender duas coisas: ou o vereador Fernando não tem canto para visitar ou se arrependeu de sair, porque dizia que não tinha tempo. Que falta de tempo é essa? Que eu saiba, é medo do ex-deputado José Augusto” – frisou.

Vânio Vieira afirma que prefeito quer dar um drible no Ministério Público com parcelamento de dívida com o Santa Cruz Prev

Vânio Vieira.

O polêmico projeto da prefeitura, que autoriza o parcelamento da dívida da mesma com o Santa Cruz Prev foi a pauta do vereador Vânio Vieira (PTB).

Vânio mostrou sua posição contrária ao projeto, fazendo duras críticas ao prefeito e aos vereadores situacionistas.

“Papelão bonito foi aquele que vocês fizeram. Inclusive, eu coloquei o áudio justamente para ver qual era a cara de vocês porque eu não pensei que vocês votassem naquele projeto e afirma ainda dizendo que estão cientes. Vocês sabem o que estão fazendo com os funcionários, porque eles não gostam de vocês. Essa coisa de querer parcelar um débito de quatro meses em 60 meses, não vejo intenção de o prefeito querer pagar isso, mas ele quer que passe o tempo para que, depois da eleição, ficar com o dinheiro e vocês que se virem. Ele quer dar um drible no Ministério Público” – disse.

Ronaldo Pacas faz críticas a forma de uso da tribuna na Câmara

RONALDO PACAS PSDC 2016,

No seu discurso, o vereador Ronaldo Pacas (PSDC) fez críticas a, segundo ele, a conduta de alguns vereadores no uso da tribuna.

Sem expressar nomes, o vereador citou que ficou triste em não poder fazer parte da  Comissão de Ética da Casa que, segundo ele, recuperaria a credibilidade da população com os vereadores.

“Fiquei triste de não poder participar da Comissão de Ética. Eu acho que essa casa tem que levar essas coisas adiante. Lá fora e nas redes sociais, é muito grande a descrença, de que aqui é só briga, por isso alguns parlamentares não tem procurado fazer algo, mas eu tenho!” – disse.

Em seguida, Ronaldo falou sobre a falta de ruas calçadas em bairros do município e citou que está cobrando do prefeito para que as mesmas sejam calçadas.

Afrânio Marques diz que Ernesto Maia é incoerente e tem discurso eleitoreiro

AFRÂNIO MARQUES PDT 2016.

No seu discurso, o vereador Afrânio Marques (PDT) fez sua defesa ao regime de previdência própria e ao projeto vindo da prefeitura, que solicita o parcelamento da dívida com o Santa Cruz Prev em 60 meses.

O vereador fez críticas a vereadores de Oposição que, segundo ele, não olham a situação de crise econômica do município.

“Tem vereadores aqui que querem se parecer “Nostradamus” ou a “Mãe Diná” dizendo que preveram o futuro. Não contam com a situação que estamos passando, parecem que são indiferentes do que se está acontecendo daqui para Brasília e de Brasília para cá” – disse.

Criticando Ernesto Maia, Afrânio citou que o mesmo não contribuiu em movimentos sociais e que ele teria o discurso da incoerência, que só critica por criticar.

“Você tem um discurso oportunista e eleitoreiro” – disse, completando que o Oposicionista não atuava em prol dos servidores.

Zezin Buxin afirma que Oposição quer passar a imagem de que o prefeito “passou a mão” no dinheiro dos servidores públicos

ZEZIN BUXIN PSDB 2016.

No seu discurso, o vereador Zezin Buxin (PSDB) mostrou seu posicionamento favorável ao parcelamento da dívida da Prefeitura com o Santa Cruz Prev.

De acordo com o vereador, a bancada de Oposição quer distorcer os fatos, ao querer, segundo ele, passar a imagem de que o prefeito “passou a mão” no dinheiro dos servidores e fez a sua defesa.

“Reclama-se muito do regime de previdência própria e dizem que o que está acontecendo aqui é por conta disso. Mas não repassando que, independente de qual seja o sistema, se estivéssemos no sistema anterior, o problema seria o mesmo e teríamos que parcelar. O governo federal perdoaria essa dívida? Não. Alguns da Oposição vem com o discurso de dizer que é culpa da previdência e quer dizer que o prefeito pegou o dinheiro, que ele não tirou um centavo do funcionalismo, mas sim da parte patronal. Tem a justificativa, temos a crise” – disse.

Em seguida, Zezin citou que a Oposição se calou quanto as dívidas herdadas, segundo ele, pelo prefeito ao estar pagando débitos previdenciários de gestões passadas.

“Determinados discursos mostram que não se tem a intenção de se fazer justiça, mas se desconstruir aquilo que é construído” – finalizou.

01 Viventy 04 2016

 

 

 

 

 

Otica Cardeal
COMPESA

 

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) iniciou nesta semana uma campanha para negociação de débitos em 11 localidades do Agreste pernambucano. A ação segue até o dia 13 de maio e acontece em Brejo da Madre de Deus, Casinhas, Fazenda Nova, Frei Miguelinho, Passira, Salgadinho, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, Surubim, Toritama e Vertentes.

De acordo com a Compesa, o cliente poderá negociar as dívidas com descontos que variam de 60% a 90%. Para realizar o procedimento de negociação, basta se dirigir a uma das lojas ou postos de atendimento da companhia, localizadas nos municípios mencionados. É importante levar carteira de identidade, CPF e uma fatura da conta de água, sempre no horário das 8h às 17h.

O objetivo da campanha é regularizar a situação dos inadimplentes, para que eles possam voltar a solicitar os serviços da companhia como, por exemplo, a liberação de carros-pipa.

Multmalhas 03 2016

 

 

 

Trakids 12 2015 GIF

20160419181850

.

No final da tarde desta terça-feira (19), policiais civis e militares do Malhas da Lei, Serviço Reservado do 24º BPM com o apoio do policiamento de Vertentes, prenderam José Fábio de Araújo, mais conhecido por Fabinho (29 anos), ele se encontrava foragido do presídio de Canhotinho há mais de 2 anos.

Segundo informações da polícia, Fabinho responde por vários roubos e por formação de quadrilha em Santa Cruz do Capibaribe e região, ele é considerado um elemento de alta periculosidade.

Ainda de acordo com as informações, Fabinho já teria escapado por diversas vezes de algumas investidas policiais, porém nesta terça-feira foi necessário um trabalho de inteligência para que ele fosse capturado. A prisão aconteceu na Rua São José em Vertentes.

Na delegacia, Fabinho confessou os delitos e a fuga, após ser ouvido ele foi recolhido ao presídio de Canhotinho.

Quimilson-04 2016 GIF

 

 

 

SAM-MARMORES 02 2016
Rádio-Debate-Blog

 

Rádio Debate aborda manifesto de Dimas Dantas que se mostrou surpreendido com voto de Da Fonte

O programa Rádio Debate desta terça-feira (19) destacou ainda os bastidores em torno do prosseguimento do impeachment de Dilma Rousseff (PT) e, também o nome do vice-presidente Michel Temer que foi citado por dois delatores na Operação Lava Jato.

Outro ponto citado no programa foi sobre as afirmações do vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dimas Dantas (PP), que se manifestou nas redes sociais sobre os votos da maior parte dos deputados federais pela aceitação da abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

Confira o programa na integra:

 

Zuzinha Kids GIF 09 2015

 

 

 

Acqualara 09 2015
concurso

 

A Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) alterou para o dia 3 de julho a data da realização das provas do concurso público. O certame oferece 13 vagas de nível médio e superior com salário que variam de R$ 2.218,44 a 7.409,64. Interessados podem se inscrever até o dia 6 de maio AQUI.

De acordo com a companhia, houve mudança no cronograma por causa de conflito de horários. “Anteriormente, a Copergas divulgou as datas de 19 de junho e 9 de agosto, para a realização e divulgação do resultado das provas, porém haveria choque de data e horários com outros certames”, explica a gerente de Recursos Humanos, Juliane Albuquerque.

O edital foi publicado no Diário Oficial de Pernambuco, em 22 de março. A taxa custa R$ 90,00 para nível superior e R$ 70,00 para o nível médio. O resultado deve ser divulgado no dia 29 de agosto.

Os cargos de nível médio são para técnico operacional mecânico, técnico operacional em segurança do trabalho e auxiliar administrativo. Já as vagas para nível superior são em Engenharia Civil, Engenharia mecânica, Administração, Contabilidade, Economia e Tecnologia da Informática.

Seenor GIF 08 2015

 

 

 

 

FORROCAP ASCAP 2016
Mendonça-Filho
Foto: Arquivo

O deputado federal Mendonça Filho (DEM), um dos políticos pernambucanos que votou a favor da continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no último domingo (17), foi hostilizado ao desembarcar em Recife na tarde desta terça-feira (19).

 

Mendonça foi cercado por simpatizantes a presidente, sendo xingado por várias vezes. Entre os insultos, palavras como “Golpista” e “Oportunista”. Confira o vídeo publicado pela blogueira e advogada Noélia Brito em sua rede social.
.

Grupo Porfirio 04 2016.
.
.
Via Boy GIF 11 2015.
P_20160419_110907

 

Hoje o dia de aula contou com um clima diferente em nossa escola. Os alunos e professores da Educação Infantil se encontraram no pátio para celebrar as contribuições culturais e tradições dos primeiros habitantes do Brasil, os índios.

 

P_20160419_150001
P_20160419_150031

 

Foram vivenciadas divertidas brincadeiras de origem indígena, além disso, cantaram e dançaram músicas típicas, foi um dia de muito envolvimento e interação.

 

Confira mais fotos:

 

 

Informações da Assessoria.

Camboriu 04 2016

 

 

 

 

 

 

índio_dinâmica (640x640)
Fotos: Agnaldo Silva

 

Acidentes que têm motocicletas envolvidas são responsáveis por 42% das mortes no trânsito em Pernambuco. Essa estatística foi apresentada na manhã desta terça-feira (19), durante coletiva de imprensa da Secretaria de Saúde do Estado.

Ainda de acordo com os dados da secretaria de saúde, os custos totais com acidentes de moto no estado foram de R$ 917 milhões, apenas em 2015.

Uma notícia positiva em relação a esses números é que eles representam uma diminuição de 12% em 2015, se comparados com os números divulgados sobre 2014.

Do JC Online.

Unopar Renovação Matrícula

 

 

 

 

 

07 polo fm 05 2015
Copa Futsal

 

Na noite desta terça-feira (19), terão início os jogos da primeira edição da Copa Municipal de Futebol de Salão de Santa Cruz do Capibaribe. A competição que é organizada pela Diretoria de Esportes do município, é considerada a maior da modalidade no município e um dos principais eventos esportivos da Capital da Moda.

O evento terá a sua primeira rodada e abertura na quadra do Ginásio Sebastião Rodrigues de Lima, bairro Cruz Alta, com três partidas e a rodada segue nesta quarta, quinta e sexta-feira (22), sempre a partir das 19h.

Regulamento:

O torneio contará com 24 equipes, que estão divididas em quatro grupos de 6 times. As equipes do grupo A enfrentam os times do grupo B, enquanto que as equipes do grupo C duelam contra os times do grupo D.

Após o fim da primeira fase, classificam-se quatro equipes de cada grupo.

Via Motos 03 2016

 

 

 

Avant 11 2015
IMG_7297
Tema polêmico foi levado a pauta no plenário da Casa – Fotos: Thonny Hill

Na manhã desta terça-feira (19) foi realizada, no plenário da Câmara, uma reunião entre membros das comissões de Legislação e Justiça e Finanças e Orçamento, juntamente com vereadores, representantes de sindicatos, associações e servidores de Santa Cruz do Capibaribe.

O objetivo foi a discussão do polêmico Projeto de Lei encaminhado pela prefeitura, que pede o parcelamento, em 60 meses, da dívida com o Santa Cruz Prev pelo não repasse de mais de R$ 1,7 milhão em contribuições da ordem patronal.

.

IMG_7298.

A justificativa da prefeitura e o alerta de Luciano Bezerra

De acordo com o projeto, as justificativas alegadas para o parcelamento foram a queda nos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e a atual crise econômica.

Também foi alegado que o montante não repassado foi utilizado para o pagamento do reajuste de salários dos servidores e que tal parcelamento seria a forma encontrada pela gestão para, segundo o projeto, se possa manter o funcionamento da máquina pública.

Um fato que chamou a atenção foi o alerta do vereador Luciano Bezerra (REDE) afirmando que, caso a situação com o Santa Cruz Prev não seja resolvida, o município passaria a figurar entre os inadimplentes no Cadastro Único de Convênios com a União (CAUC).

.

IMG_7317.

“Se o município não estiver com o Certificado de Regularidade Previdenciária, ele ficará como inadimplente, não podendo realizar convênios que rendem ações e obras importantes. Isso nós não queremos” – disse.

.

A negativa dos servidores e a contraproposta

Os representantes das discussões (sindicatos dos Servidores Públicos, Guardas Municipais, Professores e da Associação dos Agentes de Saúde) foram unânimes em se mostrarem contra ao período do parcelamento pedido pela prefeitura.

Os quatro, em consenso, fizeram uma contraproposta, que pode ser resumida nas palavras de Gilmar da Saúde, presidente da Associação de Agentes de Saúde.

.

IMG_7347.

“O que queremos é que esse parcelamento seja feito até o fim do mandato do prefeito. O que nossa associação quer é que isso seja resolvido da forma mais célere possível” – disse.

Já o pastor Lucas, que também faz parte do Sindicato dos Servidores, além de se mostrar contrário à proposta, fez duras críticas ao prefeito e aos vereadores situacionistas.

.

IMG_7331.

“Todas as vezes que o prefeito não tiver condições de pagar, ele vai pedir para parcelar de novo. Caso vocês vereadores aprovem essa imoralidade, vocês vão estar contra os servidores públicos” – frisou.

.

O que diz a prefeitura a contraproposta

A contraproposta foi rebatida mais à frente pelo Secretário de Finanças do município, Roberto Soares, que alegou ser impossível a redução desse parcelamento.

.

IMG_7364.

“Não se pode ter uma diminuição tão brusca. Isso vai causar problemas financeiros ao município e não adianta se fazer uma discussão como essa e querer colocar uma faca no pescoço da prefeitura. Pode faltar (recursos) em áreas importantes como Saúde e Educação” – disse.

.O parcelamento também foi defendido pelos demais representantes do Poder Municipal.

.

IMG_7340..

Os novos pedidos de informações pela Oposição

Na reunião, também foram feitos novos pedidos de informações por parte do vereador Ernesto Maia (PT).

O vereador solicitou ao secretário Roberto Soares um relatório dos últimos 24 meses de repasses do FPM que foram destinados ao município de modo a, segundo ele, justificar o pedido do parcelamento.

Já a diretora do Santa Cruz Prev, Elaine Silva, o político solicitou que a mesma envie documentos que atestem o real valor da dívida com as contribuições de natureza patronal.

Elaine se pronunciou, alegando que os pedidos de informações serão atendidos.

.

A votação final das comissões

Passadas todas as discussões, o projeto foi levado a votação por parte dos vereadores das comissões.

Pela Legislação e Justiça, que fazem parte os vereadores Zezin Buxin (PSDB), Ernesto Maia e Luciano Bezerra, todos foram favoráveis, atestando a legalidade constitucional do projeto.

Já pela comissão de Finanças e Orçamento, composta pelos vereadores Junior Gomes (PSB), Ernesto Maia e Klemerson Pipoca (PSDB), o placar foi de 2X1, tendo como voto contra o de Ernesto Maia.

.

A divergência quanto ao tipo de votação em plenário e os pareceres jurídicos

Tanto os advogados da bancada de Situação como de Oposição afirmaram que o projeto tem embasamento legal e constitucional, mas o debate ganhou uma nova discussão quanto a forma de votação pedida pela Oposição.

De acordo com Dr. Rodrigo Aragão, o projeto só passaria pela aprovação final dos vereadores com o voto de 2/3 da Casa (11 vereadores), alegando que a matéria rege a alteração de crédito pelo município.

Já o presidente Afrânio enfatizou que o mesmo será votado em maioria simples, por não se tratar, segundo ele, de uma nova dívida a ser contraída pela prefeitura e sim um acordo para quitar uma já existente.

Afrânio afirmou que levará o posicionamento ao prefeito em uma reunião que deve acontecer ainda esta semana. Ainda segundo ele, o projeto deve ser levado em votação pelos 17 edis até a próxima semana.

.

Confira o teor do projeto na íntegra, que sofrerá leves modificações em sua redação (clique para ampliar):

.

CP Vivendas

 

 

 

 

Unipeças 04 2016….

Foto: Arquivo pessoal.

 

No fim da manhã desta terça-feira (19), foi encontrado o idoso José Vitorino Filho, de 81 anos, popular Totonho, sem vida num quarto de motel, em Santa Cruz do Capibaribe.

 

O motel fica localizado às margens da PE-160, sentido Santa Cruz do Capibaribe/Distrito de Pão de Açúcar.

 

De acordo com as primeiras informações de policiais civis, que estiveram no local, José Vitorino teria passado mal e possivelmente sofrido um infarto. O IML vai precisar realmente o que ocasionou a morte do mesmo, em 30 dias.

 

Segundo informações, ele estaria acompanhado de uma mulher, que não teve dados pessoais divulgados.

 

José Vitorino Filho era ex-presidente do Ypiranga e foi o gestor que passou mais tempo a frente do clube, nove anos no total, de 1962 a 1971. Ele foi um dos responsáveis pela construção das paredes do Estádio Otávio Limeira Alves.

GIF---LUCIANO-BEZERRA-03….

 

 

 

Fisioterapia Banner 04 2016

Marcolino

                       nn

A morte do jornalista Marcolino Junior foi planejada pelo assessor pessoal da vítima, informou nesta terça-feira (19) o delegado Marcio Cruz, em Caruaru. O corpo do colunista social foi encontrado em um distrito de Sairé, na tarde de segunda-feira (18), dois dias após o seu desaparecimento.

 

De acordo com a Polícia Civil, o funcionário do colunista social, que não confessou o crime, já teve um relacionamento com a vítima e alegou que “recebia pouco pelo trabalho que fazia”.

 

Segundo o delegado Marcio Cruz, o outro suspeito teria sido preso ao tentar vender o carro e disse à polícia que receberia R$ 1 mil do assessor para se desfazer do veículo. Ele confessou a participação no crime.

 

Os dois presos devem ser indiciados por ocultação de cadáver e latrocínio e já foram encaminhados para a penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru.

 

A polícia ainda trabalha com a hipótese de mais suspeitos de envolvimento na morte. O delegado de homicídios Bruno Vital informou que a investigação segue em sigilo.

 

A Polícia Civil ainda investiga qual dos suspeitos foi o executor do crime. De acordo com o perito criminal Bruno Santos, do Instituto de Criminalística (IC), o carro de Marcolino Junior será periciado ainda nesta terça-feira para ver se será encontrado algum material genético dos suspeitos.

 

Com informações do G1 Caruaru 

Escola Primeiro Mundo - Jessier Quirino

 

 

 

Magda 03 2016
3

 

O presidente do legislativo municipal, Professor Afrânio Marques (PDT), esteve participando, na manhã da segunda-feira (18), de uma reunião com os Representantes das entidades de classe dos servidores municipais. A reunião tratou de uma série discussões acerca do Projeto de Lei referente ao parcelamento dos débitos da Previdência Municipal.

“Nós fomos procurados pelos representantes das entidades de classe dos servidores públicos municipais e nos reunimos com eles e tratamos do projeto de lei encaminhado pelo prefeito, Edson Vieira (PSDB), em caráter de urgência que trata do parcelamento dos débitos da prefeitura para com a previdência Municipal – PREV, quando na oportunidade. Nos colocamos à disposição dos representantes de classe e demais funcionários públicos, junto ao prefeito e demais vereadores com vistas a uma saída, discutida e negociada entre o chefe do Poder Executivo municipal e Câmara de Vereadores destacando a importância de uma discussão propositiva, construtiva e apartidária, que venha atender aos interesses da categoria e ao município na pessoa do senhor prefeito, quanto à crise econômica nacional e seus impactos na receita municipal, colocando ainda o plenário da Câmara à disposição dos funcionários, a pedido dos mesmos para audiência pública com os atores desse processo”, explicou o presidente.

Outro parlamentar que esteve presente na reunião foi o vereador Zezin Buxin (PSDB). Para os representantes dos servidores, a reunião foi positiva.

Informações da Assessoria.

05
Detentos se emocionam ao tocar imagem, símbolo da religião católica

Na última sexta-feira (19) a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida também esteve no mini-presídio de Santa Cruz do Capibaribe.

De acordo com o diretor da unidade prisional, Phelipe Melo, a imagem peregrina chegou por volta das 10h e lá foram realizadas uma missa e a apresentação teatral de detentos que fazem parte do programa de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Além da imagem peregrina, estiveram também o prefeito Edson Vieira (PSDB), secretários, o presidente da OAB Santa Cruz do Capibaribe, Dr. Eraldo Cesar, e também padres do município.

Depois da visita, que emocionou os detentos da unidade, a imagem seguiu para outros eventos religiosos no município, que terminaram no último domingo (17).

A imagem peregrina visita o município de Agrestina. Confira mais imagens da visita:

.

ESA 2016 10..

.

.

 

zoom.
gripe-vacina-A
Imagem meramente ilustrativa

A Secretaria de Saúde da de Toritama começou a vacinar os profissionais de saúde contra a gripe influenza e H1N1. A imunização para este primeiro grupo, começou nesta segunda-feira (18) e ocorre durante esta semana.

Logo após a imunização dos profissionais, os grupos de risco serão vacinados em uma pré-campanha a partir da próxima segunda-feira (25). São eles: Crianças de 6 meses a menores de 5 anos; Gestantes; Indivíduos com 60 anos ou mais de idade; Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis como doença respiratória crônica, doença cardíaca crônica, doença renal crônica, doença hepática crônica, doença neurológica crônica, diabetes, imunossupressão, obesos, transplantados e pessoas com trissomias.

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e Influenza B).

De acordo com a Coordenadora do Programa Nacional de Imunizações (PNI) da Prefeitura de Toritama, Maria Aparecida, a vacinação para os grupos de riscos vai até o dia 20 de maio. A meta é imunizar mais de 7 mil pessoas, que corresponde a 80% de cada faixa etária.

Ainda segundo a Coordenadora, até o momento não há nenhum registro de pessoa infectada pela gripe H1N1 em Toritama. A Secretaria de Saúde do município está mobilizada para imunizar a população.

A vacinação será realizada nos Postos de Saúde dos bairros: Centro; Fazenda Velha; Independente; Cohab; Coqueiral; Antão; Sítio São João e na unidade do PNI, por trás do Hospital Municipal Nossa Senhora de Fátima.

Contraindicações – A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores, bem como a qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

Precauções – Em doenças agudas febris moderadas ou graves recomenda-se adiar a vacinação, até a resolução do quadro, com o intuito de não se atribuir à vacina as manifestações da doença.

Como prevenir – Para evitar algumas doenças é imprescindível a higiene das mãos e dos ambientes. É importante lavar as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar. Se isso ocorrer, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável, além de não compartilhar alimentos, copos ou toalhas de uso pessoal.

Pessoas com qualquer tipo de gripe devem evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas, como também não usar medicamentos sem orientação médica, além de procurar o médico ou unidade de saúde mais próxima.

.

Cronograma da campanha de vacinação:

De 18 a 22 de abril – Trabalhadores das Unidades de Saúde: Postos de Saúde; Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Hospital Municipal.

De 25 de abril a 20 de maio – Grupos de risco.

30 de abril – Dia de mobilização nacional da Campanha de Vacinação – Haverá imunização para os grupos de risco nos Postos de Saúde de Toritama das 8h às 17h.

Informações da Assessoria
Makital 04 2016 04.
.
.
Makipeças 08 2014.

Notícias Anteriores


 





 

error: Copiando nosso texto?