01
setembro

 Reunião entre Amigos é vitrine para novos talentos musicais em Santa Cruz do Capibaribe

Fotos: Thonny Hill.

Na tarde de domingo (31), no Parque Florestal, foi realizada a 8ª edição da Reunião entre Amigos.

 

O projeto cultural, que envolve música e outras atividades paralelas, é promovido por integrantes de movimentos alternativos em Santa Cruz do Capibaribe.

 

Com um público formado, em sua maioria, por jovens, cantores e músicos da Capital da Moda puderam apresentar, além de composições próprias, um repertório composto de clássicos do rock nacional e internacional.

.

Além de participações individuais, se apresentaram as bandas Black Bird (formada por componentes de Santa Cruz do Capibaribe e Caruaru), Brothers Jam Rock Band, Calibre 765 e a cantora de MPB Paula Voices, que realizou um tributo em homenagem a cantora carioca Cassia Eller.

 

Também participou do evento o professor caruaruense de música Petrus Felipe, que trouxe um repertório instrumental e tirou algumas dúvidas de músicos quanto a equipamentos e técnicas utilizadas por guitarristas profissionais.

,

.

 

De acordo com os organizadores, o evento já faz parte do cenário cultural santa-cruzense e a expectativa é difundir ainda mais a ideia, que serve como vitrine para apresentar novos artistas para o cenário municipal.

.

 

A próxima edição do projeto está marcada para acontecer no final deste mês.

 

.

01
setembro

01
setembro

Hospital Mestre Vitalino amplia leque de serviços de saúde oferecidos a população do agreste

Foto: Portal G1.

Já está em funcionamento no Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, a nova ala de pediatria.

 

De acordo com a assessoria da unidade hospitalar, foram disponibilizados 22 leitos de enfermaria, 06 de urgência e emergência e 01 UTI, além de um incremento de 21 médicos pediatras, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e outros profissionais de saúde.

 

Inaugurado em 14 de junho, o Hospital Mestre Vitalino, que está localizado as margens da BR-104, em Caruaru custou R$ 102 milhões aos cofres públicos e estava previsto para funcionar com 30% de sua capacidade até meados de 2015.

 

Com 202 leitos, o hospital também terá uma grande ala cardiológica a sua disposição, fato que o coloca, quando estiver em pleno funcionamento, como uma das principais referencias em atendimentos de alta complexidade no país.

 

Ainda em pleno funcionamento, o HMV terá condições de atender a 74 municípios do agreste pernambucano, o que corresponde a mais de 1,7 milhão de pessoas por mês.

 

Com a implantação da ala pediátrica, o HMV opera agora com  45% de sua capacidade.

01
setembro

01
setembro

Em Catende, Paulo promete manter intensidade da campanha

Crescimento nas pesquisas mostra que Frente Popular está no caminho certo. Foto: Rodrigo Lobo / Divulgação.

O crescimento nas pesquisas de intenção de voto, onde a candidatura de Paulo Câmara já aparece empatada com a do postulante da oposição, não fará com que a Frente Popular se acomode.

 

Pelo contrário, a campanha do socialista conta com mais animação e empenho, a cada dia. Um exemplo disso foi a recepção da carreata promovida, nesse domingo (31), em Catende.

 

Cheios de animação, os moradores acompanharam o cortejo em carros, motos, ou mesmo a pé; subindo e descendo ladeiras, acompanhando os candidatos sem perder o fôlego.

 

“Nossa candidatura está ganhando força como prevíamos que fosse acontecer. Mas nada de descansar. Vamos manter a mesma intensidade. Até 5 de outubro, vamos crescer, crescer e crescer! Estamos mais fortes e unidos do que nunca”, garantiu Paulo.

 

O evento reuniu lideranças políticas de toda a região, como os prefeitos de Barreiros, Carlinhos; de Joaquim Nabuco, João Carvalho; e de Palmares; João Bezerra (todos do PSB).

 

O prefeito de Catende, Otacílio Cordeiro, também socialista, fez um desafio aos eleitores. “Peço a vocês que deem a Paulo a mesma votação que Eduardo Campos teve aqui, em 2010. Como uma forma de homenagear o nosso ex-governador, cuja obra tem que ter continuidade”, convocou o gestor.

 

01
setembro

01
setembro

Armando prestigia romaria de Frei Damião, em São Joaquim Monte

Fotos: Leo Caldas / Divulgação.

Dando continuidade à agenda de campanha neste domingo (31), Armando Monteiro (PTB), candidato a governador de Pernambuco, prestigiou a romaria de Frei Damião, tradicional celebração religiosa do município de São Joaquim do Monte, no Agreste do Estado.

.

Ao lado do senador Humberto Costa (PT), do presidente da Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), Roldão Joaquim, de prefeitos e lideranças políticas da região, Armando foi bastante cumprimentado pelos fiéis.

.


;
Para Armando, que visita a romaria pela quinta vez, é um momento para renovar a fé, elevar as preces e celebrar a esperança.

.

“Eu venho todos os anos e faço isso com muita satisfação”, destacou o petebista. Em um dos momentos, o pároco Pedro Antônio Filho, idealizador da romaria, aproveitou para abençoar o candidato.

.

A romaria de Frei Damião ocorre há 21 anos e celebra a memória de uma das referências católicas do Nordeste.

.

Todo ano, mais de 160 mil fiéis, de várias regiões do Estado, visitam a imagem do frei para renovar a fé e se confessar na Paróquia de São Joaquim, a principal da cidade.

.

01
setembro

01
setembro

As curtinhas do Romenyck Stiffen

 

Do céu ao inferno: O candidato Armando Monteiro (PTB) esteve, até meados de agosto, no céu das pesquisas. Contudo, uma série de acontecimentos levaram Monteiro a declinar nas pesquisas e ver seu opositor, Paulo Câmara (PSB), subir feito foguete.

 

Erro?: Para uma boa campanha, é necessário, principalmente, organização e delegar funções as pessoas corretas. Mas não sei se Armando Monteiro delegou a coordenação de sua campanha à pessoa correta em Santa Cruz do Capibaribe e região.

 

Agregar: Armando Monteiro precisa agregar votos em cidades estratégicas a exemplo de Santa Cruz do Capibaribe e do Polo de Confecções.

 

Liderança: Quem José Augusto lidera em Jataúba? Mamão? E em Brejo? Dr Edson? E a pergunta pode se estender para outras cidades. Zé não tem um prefeito aliado na região para um projeto seu ou até mesmo uma oposição fechada.

 

Provinciano: O deputado José Augusto Maia (PROS) mais uma vez utilizou de sua política provinciana da década de 80 quando iniciou sua carreira política e tentou, em seu discurso, criar o clima da novela de 1998 que todo muito conhece.

 

O discurso (I): Em um comício da majoritária, onde os centros das atenções deveriam ser os candidatos da majoritária, em especial Armando Monteiro, Zé, mais uma vez tentou, trazer o centro das atenções para si.

O discurso (II): Ao invés do dputado José Augusto Maia fazer um discurso de coordenador de campanha, pelo menos essa é sua função, o mesmo se apegou na disputa interna local.

 

O discurso (III): O deputado José Augusto tentou, a todo custo, prejudicar o candidato Ernesto Maia (PSL) e os 6 vereadores, por ter optado por candidato a deputado federal diferente. Lembrando que a chapa que Zé apóia e a que os vereadores apoiam, só difere o federal.

 

O discurso (IV): A situação foi tão tendenciosa que, após ser feito um sorteio para sequência das falas, boicotaram Ernesto Maia.

 

A fala: Ao terminar o comício, um integrante da cúpula do PT estadual disse que não tinha entendido nada. E olha que o PT passou por um perrengue interno danado em 2012.

 

Perdeu: Na verdade quem perdeu foi Armando Monteiro, pois pôde ver um grupo desorganizado e um discurso desagregador feito pelo seu coordenador. Não é esse cenário que Monteiro precisava, no atual momento que o mesmo está passando na campanha.

 

Resumindo: De fato o deputado federal José Augusto Maia não se reciclou com o advento da nova política do século XXI e continua o mesmo Zé do discurso provinciano do século passado.

 

Fica a pergunta: Será que o sete vereadores estão errados e só Zé está certo?

.

As opiniões aqui expressas são de responsabilidade de seu idealizador e não refletem, necessariamente, as opiniões expressas nesse veículo de comunicação.

Clique para ampliar.

01
setembro

Homem é morto a tiros em plena feira livre em Toritama

.

Na manhã do último domingo (31) mais um crime de morte chocou a população de Toritama.

 

O homicídio ocorreu em plena feira livre de verduras e frutas no bairro da COHAB.

 

José Amaro da Silva “Zé da Vaca”, 42 anos, vendia carne na feira quando foi surpreendido por José Carlos da Silva (25 anos), que se aproximou e efetuou vários disparos de arma de fogo.

 

A vítima foi atingida com quatro tiros no tórax e morreu a caminho do hospital. O corpo foi encaminhado para o IML em Caruaru.

 

Após o crime, José Carlos ao tentar fugir, mas foi atingido com uma pedrada na testa e foi linchado por populares.

,

.

A polícia militar foi até o local e o prendeu em flagrante. Com ele, os policiais encontraram uma espingarda calibre 12, um revólver 38 (arma usada no crime), uma pistola de pressão e duas placas de motos.

 

Na delegacia, foi constatado que o criminoso já tinha passagem pela polícia e respondia por outro homicídio, ocorrido na cidade de Bom Jardim.

 

José Carlos disse a polícia que o motivo para cometer o homicídio foi um assalto cometido pela vítima ao seu estabelecimento há aproximadamente 15 dias.

 

Material apreendido.

A polícia investiga o caso.

 

Com informações de Evandro Bala, correspondente do blog em Toritama.

01
setembro

01
setembro

Mesmo sem Geraldo Júlio, multidão vai as ruas em mais um comício de Diogo Moraes

Fotos: Thonny Hill.

A noite política do grupo “Onda Azul” foi marcada pela realização de mais um comício.

 

O evento aconteceu no largo da Avenida 22 de Abril, bairro Nova Santa Cruz, em Santa Cruz do Capibaribe, local onde o público compareceu para ouvir mais uma maratona de discursos.

 .

No palanque do deputado estadual e candidato a reeleição, Diogo Moraes (PSB), vereadores e lideranças de Santa Cruz do Capibaribe e de Taquaritinga do Norte, o candidato a deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e o prefeito do município, Edson Vieira (PSDB).

 

A ausência ficou por conta do prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), que foi anunciado como “a surpresa” nos últimos dias e não compareceu ao palanque. A ausência do político socialista não foi justificada, em nenhum momento, durante o evento político.

 

Confira o resumo dos principais discursos da noite:

 

Evilásio Araújo dispara críticas a candidata Dilma Rousseff

..

O principal ponto do discurso do prefeito de Taquaritinga do Norte, Evilásio Araújo (PSB), foi marcado pelas críticas a presidenta e candidata a reeleição, Dilma Rousseff (PT).

 

Evilásio destacou a saga enfrentada, segundo ele, pelos prefeitos que buscam, no Governo Federal, muitos dos recursos para aplicarem em seus municípios e que não são atendidos, dirigindo suas palavras a Bruno Araújo.

“Cabe a você também essa cobrança de dizer: mude o que for necessário na Lei para não deixar que essa dita cuja que está (Dilma), ou quem vir depois, faça dos prefeitos e munícipes burros de carga, para produzir a riqueza e não ter a reparação necessária”, frisou.

 

Evilásio também destacou o alto índice de aprovação de 78% da gestão de Edson Vieira, números esses conseguido em pesquisas internas.

 

Bruno Araújo destaca subida de Paulo Câmara nas pesquisas e anuncia nova emenda para Santa Cruz do Capibaribe

.

Durante seu discurso, o deputado federal e candidato a reeleição falou sobre a subida, nas pesquisas, do candidato ao governo do estado, Paulo Câmara (PSB).

 

De acordo com Bruno Araújo, a subida de Paulo não é só pela gratidão ao ex-governador e ex-candidato a presidência Eduardo Campos (PSB), mas uma prova do reconhecimento do desejo de continuidade da forma de se governar o estado.

 

O candidato também fez o anúncio de novos recursos, através de emendas, para Santa Cruz do Capibaribe, dessa vez voltados para atender a uma das promessas feitas por Edson Vieira, durante sua campanha nas eleições de 2012.

“Essa semana, eu comuniquei ao prefeito Edson que ele mandasse buscar, lá em Brasília, R$ 250 mil para colocar internet sem fio para a juventude daqui de Santa Cruz. Muito mais vai se fazer porque nós temos o que é de mais importante: temos do nosso lado esse povo que reconhece o trabalho que Edson tem feito por Santa Cruz”, pontuou.

 

Edson Vieira tenta amenizar polêmica na saúde municipal e ironiza guia de Armando Monteiro que cita o Moda Center Santa Cruz

.

O prefeito Edson Vieira tentou amenizar a polêmica gerada na saúde municipal após as denúncias feitas pelo radialista e diretor executivo da radio IGM, Isac Moura.

 

O radialista destacou o excelente atendimento que recebeu na parte reformada do Hospital Municipal local após a realização de uma cirurgia simples, mas mostrou a sua indignação quando posto na área pós-operatória, que apresentava vários problemas estruturais como colchões mofados, leitos precários e camas enferrujadas.

 

O prefeito reconheceu os problemas que existem na saúde municipal, mas citou que foram investidos, segundo ele, cerca de R$ 10 milhões desde o começo de sua gestão na melhoria dos PSFs, na contratação de mais médicos, compra de ambulâncias e a construção do Ambulatório Médico Especializado (AME) e a AME da Criança, esta última, segundo Edson, será inaugurada dia 12 de outubro.

 

Em seguida, o prefeito ironizou o guia eleitoral do candidato ao governo do estado Armando Monteiro (PTB).

“Essa semana, eu me surpreendi quando me chegou à informação de que, no guia eleitoral do adversário, colocaram dizendo que o candidato a governador do outro lado foi quem fez o Moda Center Santa Cruz. Oras?! O Moda Center foi feito com o dinheiro de cada santa-cruzense, foi feito pelo suor do povo, do confeccionista, do lojista… Ele não foi feito por nenhum político e sim por aqueles que tinham a condição de pegar seu dinheiro e comprar um ponto”, frisou.

 

No fim, o prefeito destacou o Calçadão Miguel Arraes de Alencar, espaço voltado aos sulanqueiros, feito com recursos estaduais e que, segundo Edson, será inaugurado em setembro.

 

Diogo Moraes destaca corpo a corpo com eleitor e subida de Paulo Câmara nas pesquisas

.

Último a discursar, o candidato Diogo Moraes destacou as caminhadas feitas, porta a porta, em Santa Cruz do Capibaribe.

 

De acordo com Diogo, muito das obras que estão em andamento, com recursos estaduais, foram citadas no corpo a corpo com o eleitor e, segundo ele, serviram para aumentar o contingente de pessoas que vão aos comícios da frente azul.

“Tivemos a oportunidade de conversar com cada um porque, quando falamos no rádio que conquistamos a duplicação da PE-160, muita gente que não vai a Caruaru, não vai a Pão de Açúcar ou demoram a ir, não sabem que a duplicação começou. Ela começou e foi fruto da minha união com Edson”, pontuou.

Diogo aproveitou para citar obras estaduais como a Escola Técnica (que ainda não foi inaugurada), a transformação da 3ª CIPM em 24º Batalhão de Polícia Militar, a adutora do agreste e perguntou ao público, por várias vezes, se a situação de Santa Cruz do Capibaribe tinha ou não melhorado.

 

Em seguida, Diogo também fez críticas ao guia eleitoral de Armando Monteiro sobre o Moda Center, expressando o mesmo posicionamento afirmado por Edson Vieira, tanto nas críticas quanto nas obras de construção do Calçadão Miguel Arraes de Alencar.

 

Já no fim do discurso, Diogo Moraes destacou a subida de Paulo Câmara nas pesquisas eleitorais.

“Nossos adversários estão começando a ficar desesperados. Vamos fazer eles se preocuparem mais porque a derrota deles para governador já é certa. Vamos vencer essa eleição no primeiro turno e vamos fazer de Paulo Câmara o governador de Pernambuco”, frisou.

 

A gafe de Rubens Junior e Vitor Paiva

..

Os locutores da campanha, Rubem Junior e Vitor Paiva, colocaram os políticos do palanque azul em uma verdadeira saia-justa.

 

Os dois direcionaram palavras para o público pedindo para que aqueles, que tivessem parentes no estado da Paraíba, fossem cabos eleitorais e pedissem votos para Cássio Cunha Lima (PSDB).

 

Rubens e Vitor fizeram seu pedido também ao candidato Bruno Araújo que, em seu discurso, reforçasse o pedido de votos para o político tucano, que disputa uma das vagas ao senado por aquele estado.

 

Os dois não tiveram seus pedidos atendidos por nenhum dos que discursaram em seguida.

 

Nem Edson Vieira, Diogo Moraes e Bruno Araújo pediram votos para Cássio Cunha Lima.

01
setembro

01
setembro

Dimas faz caminhada em Jataúba

.

O candidato a deputado estadual Dimas Dantas (PP), faz caminhada em Jataúba acompanhado do vereador Vânio Vieira (PSDB), Dantas seguiu junto com aliados e amigos da localidade que apoiam os nomes de Dimas Dantas para estadual e Eduardo da Fonte (PP) para federal.

 

.

Durante a caminhada, Dimas recebeu, ao longo do percurso, manifestações de apoio à sua candidatura por parte de populares, ouvindo palavras de incentivo e o carinho das pessoas.

 

“Aos poucos estamos conseguindo mostrar à população que nós defendemos a bandeira da verdadeira política, aquela que visa beneficiar de fato a população” pontuou Dimas.

 

.

.

.

.

01
setembro

01
setembro

Armando Monteiro presencia palanque dividido em Santa Cruz do Capibaribe

Comício contou com multidão mesmo com a disputa entre candidatos locais

 

 

 Fotos: Ney Lima e Elivaldo Araújo

 

 

O comício do candidato a governador de Pernambuco, Armando Monteiro Neto (PTB), em Santa Cruz do Capibaribe teve um misto de euforia causada pelo público e a tensão gerada pela disputa dos candidatos locais em cima do palanque.

 

O evento foi realizado na Avenida Cesário Aragão e contou com um dos maiores públicos dentre os eventos políticos realizados este ano. Entre os presentes estavam o candidato a senador João Paulo, o atual senador Humberto Costa, lideranças e candidatos de várias cidades.

 

 

 

Armando Monteiro fez um forte pronunciamento e emocionou o público quando narrou os recentes fatos políticos que deixaram o deputado José Augusto Maia fora da disputa deste ano.

 

 

 

 

Mudança na ordem dos discursos gera bate-boca entre políticos locais

 

 

 

 

O clima esquentou quando o nome do candidato Ernesto Maia (PSL) foi anunciado para discursar. A confusão ocorreu porque a ordem dos discursos teria sido definida por sorteio e foi alterada. No suposto sorteio Toinho do Pará (PHS) falaria primeiro que Ernesto Maia fararia, mas a chamada ocorreu na ordem contrária.

 

Houve bate-boca em cima do palanque e princípios de empurrões. Uma forte discussão aconteceu entre Ernesto Maia e José Augusto Maia.

 

 

 

 

 

 

 

 

O candidato Ernesto Maia chegou a se recusar a falar, mas depois mudou de ideia e resolveu iniciar o discurso.

 

Ao discursar Ernesto culpou os locutores da campanha de Toinho do Pará pelo acontecido, mas clamou pela união do grupo Taboquinha.

 

 

Vereadores Helinho Aragão e Galego deixam palanque

 

 

Durante as confusões no comício de Armando Monteiro os vereadores Helinho Aragão (PTB) e Galego de Mourinha (PTB), que apoiam as candidaturas de Ernesto Maia (PSL) e Luciano Bivar (PSL) se retiraram do palanque.

 

Informações dão conta que os vereadores não gostaram a postura de José Augusto Maia durante o evento.

 

 

Bivar x Teobaldo

 

Provocação foi o que não faltou entre simpatizantes dos candidatos Ricardo Teobaldo (PTB) e Luciano Bivar (PSL).

 

Os políticos que fazem parte do bloco de apoio ao candidato Ernesto Maia não esconderam o apoio a Luciano Bivar.

 

O vereador Fernando Aragão discursou e pediu licença a Armando Monteiro para pedir votos para Bivar, por outro lado a estrutura montada era voltada para favorecer o candidato a deputado federal Ricardo Teobaldo (PTB), apoiado por José Augusto Maia e pelo candidato Toinho do Pará. As músicas de campanha de Ricardo Teobaldo eram as mais tocadas no evento.

 

Entre o público também era nítida a divisão. Blocos de simpatizantes de Toinho e Ernesto disputavam vaias, aplausos e gritavam os nomes dos seus candidatos.

 

No discurso o candidato a governador Armando Monteiro pediu votos para Ricardo Teobaldo e não citou Luciano Bivar.

 

 

João Alfredo exige espaço

 

 

 

O popular João Alfredo, que é candidato pelo PT a deputado federal, brigou insistentemente por espaço no palanque.

João não foi inscrito para discursar, mas aproveitou uma fala de José Augusto Maia para tomar o microfone e confirmar a sua candidatura.

 

 

 

 

Durante todo o tempo o candidato se queixava da falta de espaço, inclusive questionando os políticos da chapa majoritária.

 

Simpatizantes de Bivar se revoltam com discurso de José Augusto

 

Aplausos e vaias durante o discurso de José Augusto 

 

Alguns simpatizantes da candidatura de Luciano Bivar e Ernesto Maia se revoltaram, principalmente durante o discurso de José Augusto Maia que mandou indiretas em relação ao poder financeiro de Bivar.

 

A defesa de José Augusto ao candidato Teobaldo e o tratamento conflitante com Ernesto Mais fez com que algumas pessoas gesticularem e gritassem com insultos contra José Augusto.

 

 

 

 

Zé Augusto eu preciso de você”, clama Ernesto Maia

 

 

O candidato Ernesto Maia iniciou o discurso lamentado a organização do comício pela troca da ordem dos pronunciamentos e culpou os locutores que fazem a campanha de Toinho do Pará pelo incidente.

 

No pronunciamento Ernesto lembrou sua trajetória ao lado de José Augusto Maia dizendo que sempre esteve com ele.

 

Em seguida Ernesto lembrou que José Augusto trouxe Armando Monteiro para Santa Cruz do Capibaribe contrariando as indicações do PSB, seu partido na época, numa comparação com o quadro político atual no apoio a Luciano Bivar.

 

Ernesto também lembrou que há quatro anos atrás alguns políticos do seu grupo apoiaram Eduardo da Fonte, numa alusão indireta a Toinho do Pará. Ernesto citou que mesmo assim permaneceu ao lado de José Augusto.

 

“Eu sou candidato. Zé Augusto eu preciso de você. Preciso de todos os vereadores e hoje nós temos dois candidatos e se Deus quiser vão ser eleitos eu e Toinho”, afirmou Ernesto.

 

O candidato prosseguiu lembrando que o grupo precisa se unir porque em 2016 só poderá ter uma candidatura.

 

 

 

“Não tenha dúvidas Zé Augusto que o futuro te espera”, reafirma Toinho do Pará

 

Em seu discurso, o candidato a deputado estadual Toinho do Pará (PHS) solicitou obras ao candidato ao governo do estado Armando Monteiro (PTB).

 

“Nós temos muito a fazer por esta terra, se uma pessoa quebrar um braço tem que levar ela para o Recife, por que não tem hospital estadual em Toritama, Taquaritinga (do Norte), não temos Jataúba, Brejo da Madre de Deus e muito menos em Santa Cruz do Capibaribe, mas você Armando monteiro, você vai trazer o hospital estadual para a região. Nós também não temos uma Faculdade e é preciso que nós tenhamos uma aqui em Santa Cruz do Capibaribe”, pontuou.

 

Toinho foi enfático em mais uma vez citar José Augusto Maia em relação ao seu futuro com a política.

 

“José Augusto tudo é do pai, tudo é de Jesus, não tenha dúvidas Zé (Augusto) que o futuro te espera, tu não podes sair da política”, frisou.

 

O candidato ainda destacou que um dos seus maiores sonhos será a construção de uma estrada ligando Santa Cruz do Capibaribe até a Vila do Pará, zona rural do município.

 

Teobaldo diz que não veio para dividir

 

 

O candidato Ricardo Teobaldo iniciou seu discurso lamentado ter chegado ao palanque do município na condição de substituir José Augusto por uma impossibilidade política.

 

O candidato revelou que sua vinda para a cidade se deu por uma convocação partidária, com a indicação de Armando Monteiro.

 

“Eu não estou vindo para Santa Cruz do Capibaribe pra dividir, estou vindo pra somar. Estou vindo para juntar, estou vindo para trabalhar e trabalhar ao lado de companheiros que eu conheço. Eu conheço Toinho porque fui deputado estadual com ele”, afirmou Teobaldo.

 

 

 

O polêmico discurso de José Augusto

 

 

 

O deputado federal José Augusto Maia (PTB) iniciou seu discurso lembrando do golpe político que recebeu no PROS e que o impossibilitou de lançar sua candidatura a reeleição, em seguida tratou do embate entre as candidaturas locais.

 

Chamando Ernesto Maia para se aproximar, José Augusto falou diretamente ao candidato e disse que sempre o ajudou lembrando as campanhas anteriores quando era prefeito e ele vereador.

 

José Augusto deu prosseguimento à fala pedindo aplausos para Ernesto e para os vereadores, mas em seguida lembrou que o único que seguiu sua escolha de apoiar a candidatura de Ricardo Teobaldo foi Toinho do Para (PHS) e enalteceu o candidato.

 

“Eu sempre estive com você Ernesto Maia, mas o único que não me abandonou quando eu decidi apoiar Teobaldo foi Toinho do Pará”, afirmou José Augusto.

 

 

 

 

O deputado seguiu seu discurso referindo-se a chapa majoritária como o grupo que representa o trabalho do ex-presidente Lula e lembrou a trajetória política de Armando Monteiro voltada para Santa Cruz do Capibaribe.

 

Sobre o candidato a deputado federal, José Augusto defendeu fortemente o nome de Ricardo Teobaldo e jogou indiretas para os defensores da candidatura de Luciano Bivar dizendo que “pessoas não podem ser compradas”.

 

 

 

 

Armando Monteiro promete espaço no Governo do Estado para José Augusto Maia, caso seja eleito

 

 

O candidato ao governo Armando Monteiro (PTB) abordou o seu histórico no município ao lado do grupo Taboquinha. Outro ponto abordado pelo candidato foi a importância do deputado federal José Augusto Maia (PROS) e que caso for eleito, o deputado terá livre acesso em seu gabinete para exigir as necessidades do município.

 

“A partir de janeiro você (José Augusto) estando sem mandato, você não precisa de mandato para representar o povo desta terra. Quero lhe dizer que lá no Palácio do Campo das Princesas, se o povo de Pernambuco nos confiar esta missão, você vai ter a porta aberta toda hora para levar os assuntos que são do interesse dessa terra, lá você não vai marcar audiência, lá você vai empurrar a porta, por que você sempre vai ser recebido por mim como um amigo, um companheiro e um parceiro”, destacou.

01
setembro

01
setembro

Notícias Anteriores