Dimas Dantas será o sabatinado da semana no Rádio Debate

Foto: Ney Lima (arquivo).

Abrindo a semana política do programa, veiculado pela Polo FM, o vice-prefeito e secretário de Educação Dimas Dantas (PP) será sabatinado pelos debatedores Ney Lima, Romennyck Stiffen, Emanoel Glicério e Manassés Simões.

 

Na pauta, vários assuntos que fervem o caldo dos bastidores na política santa-cruzense.

 

Sintonize seu rádio na Polo FM (101,9 MHz) e fique por dentro de todos os bastidores da política local, mas também estadual e nacional com as análises e comentários de Inaldo Sampaio e de toda a equipe.

02
dezembro

Na ponta do lápis: Será que é bom negócio construir para vender?

 .

A construção de Casas para vender ou alugar é atividade existente no Brasil desde seus primeiros tempos. É uma verdadeira tradição construir conjuntos de casas para venda, o sucesso desta atividade costuma levar o empreendedor a voos mais altos como prédios de apartamentos ou condomínios horizontais.

.

Mas será que esta atividade é realmente compensadora, ou seja, será que compensa construir para vender? Veja nossa análise matemática deste tipo de empreendimento, e tire suas próprias conclusões.

.
A construção para vender ou alugar é um empreendimento como qualquer outro. É preciso juntar capital, mão-de-obra, capacidade de gerenciamento, espírito empreendedor e contar com um pouco de sorte para ter o capital de volta com o justíssimo lucro do negócio. Mas assim como em qualquer outro ramo é preciso fazer as coisas “na ponta do lápis”, com muita consciência de que qualquer erro no gerenciamento pode ser fatal e causar prejuízo ao invés de lucro.

 .

Planejamento é essencial

 

A primeira providência é planejar a obra, desde a compra do terreno até a entrega das chaves. Para tanto, é fundamental contar com o auxílio de profissionais competentes e especializados, como arquitetos, corretores de imóveis, engenheiros e empreiteiros. Cada um deles pode contribuir com seus conhecimentos e experiência dentro da sua área de atuação.

 .

Além destes problemas técnicos e mercadológicos, nunca se pode esquecer que o investimento em construção deve ser pensado ao longo do tempo. Isto porque a base de comparação, ou seja, a meta a atingir, é ter um rendimento maior do que aquele obtido no mercado financeiro. Se um empreendedor arrisca seu tempo e seu capital para conseguir menos do que, por exemplo, a taxa paga a uma caderneta de poupança, estará fazendo um mau negócio.

..
Em construção, o tempo gasto na obra é consequência direta do tamanho da obra e do planejamento. Um projeto cuidadoso, feito em cima de um bom levantamento planialtimétrico e uma sondagem precisa, são fundamentais para a confecção de um projeto executivo adequado, que por sua vez vai guiar todas as etapas da obra, da compra dos materiais à contratação e acompanhamento da mão-de-obra. Assim, na análise que faremos a seguir, o principal parâmetro será o TEMPO em relação aos investimentos.

 .

Um pouco de matemática financeira

.
Como dissemos, para avaliar se um empreendimento foi bem sucedido é preciso analisar o lucro obtido e ver se ele foi maior em relação ao que seria obtido no mercado financeiro no mesmo período. Mas como fazer este cálculo? A matemática financeira pode nos ajudar. Ela nos ensina que:
S = P * (1 + i)n

.
Onde:

.
S = Somatória do capital depois do tempo em questão;
P = Valor inicial do capital;
i = Taxa de juros no período (geralmente, um mês);
n = Quantidade de períodos, geralmente, em meses.

.
Pode parecer difícil de entender, mas na verdade é bem simples. Vejamos um exemplo. Uma pessoa colocou R$ 100.000 em uma aplicação que paga 1% ao mês. O tempo de aplicação é de 6 meses. Assim, ao final do 6º mês a pessoa teria:

.

S = 100.000 * (1 + 1,01)6 = R$ 6.150
Portanto, o rendimento no período seria de 6,15% ou o equivalente a R$ 6.150. Estes cálculos podem parecer chatos, mas são fundamentais para quem está preocupado com seu rendimento financeiro, conforme demonstraremos mais adiante.

.
Quanto custa construir? 

.
Muitos pensam que a fórmula básica para saber o custo de uma obra é bem simples, ou seja, terreno mais material e mão-de-obra. Mas será que é tão simples assim? Claro que não. Há outros fatores envolvidos, em especial o financeiro, a administração da obra e os encargos profissionais. Além disto, a despesa em uma obra não é linear. Se fizermos um gráfico das despesas em uma construção ao longo do tempo, sem contar aquisição do terreno e projetos, teríamos algo parecido com o gráfico ao lado.

.
Analisando, vemos que as despesas começam forte no início, quando é preciso instalar a obra, construir alojamento, fazer terraplanagem, comprar madeiramento, tijolos, estocar cimento e outras despesas pesadas e feitas rapidamente. Depois disto, a obra inicia uma etapa pouco mais calma, onde serão consumidos os materiais adquiridos no começo. Terminada a estrutura e alvenaria, começa a parte de acabamento, onde se gasta muito tanto com material quanto com mão-de-obra, mais especializada e cara. À medida que a obra vai chegando ao final, as despesas mensais vão diminuindo, até chegar a zero novamente, quando o edifício estiver concluído.

.
No nosso cálculo, para simplificar, vamos supor que as despesas são lineares ao longo do tempo. Suponhamos que vamos fazer uma obra de R$ 120.000 ao longo de seis meses, portanto, com gasto médio mensal de R$ 20.000. Assim, nosso gráfico de despesas fica linear, conforme demonstrado no gráfico ao lado.

.
Quer dizer então que a obra do nosso exemplo vai R$ 120.000? Não. Ela custará este valor mais a despesa financeira. Suponha que no momento zero da obra (quando ela começou) o capital estava aplicado numa caderneta de poupança que estava rendendo 1% ao mês.

.
No primeiro mês, retirou-se R$ 20.000 e o capital aplicado passou a ser de R$ 100.000, ou seja, no próximo mês o rendimento financeiro será menor. No segundo mês, o capital aplicado passa para R$ 80.000 e até por diante até zerar no final do sexto mês.

.
Enquanto o prédio não for vendido e o capital retornar ao banco, o proprietário estará abrindo mão do rendimento financeiro, inflacionando o custo da obra. Supondo que vão se passar 6 meses entre a obra ser vendida e o proprietário receber o valor total, na média o proprietário ficará 9 meses sem o rendimento. Aquele capital de R$ 120.000 aplicado durante este tempo representaria:
S = 120.000 * (1 + 0,01)9 = R$ 127.382.
Portanto o custo da obra será aumentado em R$ 127.382 – R$ 120.000 = R$ 7.382 e o valor da obra, até aqui, já está nos citados R$ 127.382.

.
Mas, como dissemos, para fazer uma obra –- qualquer uma -– é preciso planejamento. Assim, ao custo acima deveria ser acrescentado o valor do projeto arquitetônico e executivo, sem falar das despesas com a administração da obra e da aprovação nos órgãos públicos. Em uma obra pequena como a do nosso exemplo estes custos ficam em torno de 10% do valor da mesma, em torno de R$ 12.000. Só que este valor foi gasto antes do início da obra, digamos, uns dois meses antes.

.
Assim, somando-se o tempo médio de 9 meses do desembolso financeiro da obra, com estes 2 meses, teríamos 11 meses onde estes R$ 12.000 ficaram imobilizados, sem render dividendos ao capitalista. Assim, as despesas iniciais com planejamento da obra ficaram em:

.
S = 12.000 * (1 + 0,01)11 = R$ 13.388

.
Chegamos então a mais um custo parcial da nossa obra, ou seja:

.
S = 13.388 + 127.382 = R$ 140.770

.
Faltou apenas incluir o terreno. Este, provavelmente, já teria sido comprado bem antes de se iniciar o projeto, digamos, uns 2 meses antes. Assim, o investidor teria retirado o capital da aplicação 13 meses antes de receber pela obra pronta. Digamos que o terreno em questão tivesse sido comprado pelo preço de R$ 40.000, então o investidor abriu mão do rendimento do terreno durante estes 13 meses.

.

Se o dinheiro do terreno tivesse ficado na aplicação valeria na época da venda do imóvel:

.
S = 40.000 * (1 + 0,01)13 = R$ 45.523

.
Assim, chegamos ao valor final da construção que seria o gasto na obra mais o valor do terreno, corrigido até a data do recebimento do valor do imóvel:

.
S = 140.770 + 45.523 = R$ 186.293

.
Supondo-se que o investidor tenha a intenção de ter um lucro de 20% em cima deste custo, a obra teria que ser vendida por:

.
S = 186.293 X 1,2 = R$ 223.561

.
A grande questão, neste ponto, é se aquela construção alcança este valor no mercado local. Por isto, é importante fazer o planejamento ANTES de começar o investimento, consultando as imobiliárias da região e, de preferência, um engenheiro de avaliação ou uma empresa especializada, que poderá fazer uma previsão mais precisa do quanto a futura obra valeria no mercado à época de sua conclusão.

.
Com o capital que fizemos os cálculos (R$ 120.000) e supondo-se um CUB (Custo Unitário Básico) de R$ 700/m² daria para fazer três pequenas residências de 50m² cuja área coberta ficaria em 150 X 700 = R$ 105.000 restando uma verba de R$ 15.000 para as obras externas (muros, portões, jardins).

.
No mercado imobiliário, em um bairro de classe média baixa numa grande cidade brasileira, uma casa destas, com 50m² de área útil, pode ser vendida em torno de R$ 1.600 /m² tendo seu preço fixado em R$ 80.000, dando um total de R$ 240.000 para as três unidades, ou seja, mais do que os R$ 223.561 pleiteados pelo investidor.

.
Descontando-se do valor de R$ 240.000 a comissão de 6% paga à imobiliária, sobraria na mão do investidor R$ 225.000, aproximadamente o valor que determinamos ser interessante para o investidor.

.
Neste caso, portanto, o investimento teria sido interessante. Ficou acima do rendimento financeiro do capital, deixando um lucro real de 20%, nada mal para 11 meses de trabalho, pagando todos os profissionais envolvidos e produzindo uma edificação de qualidade.

.
Conclusão 

.
Os cálculos que fizemos aqui foram bastante simplificados e os valores são médios, não servindo de base para casos reais. Nossa ideia foi mostrar um caminho para quem gostaria de fazer os cálculos para si ou para mostrar a algum cliente ou investidor em potencial.

.
Na realidade, os cálculos financeiros são bem mais complexos, levando em conta outros fatores como o desembolso real da obra ao longo do tempo e a variação mensal do rendimento financeiro.

.
Entretanto, entendemos que de nada adianta sermos muito precisos nos cálculos quando a grande incógnita que existe é o valor do imóvel no mercado na época de sua conclusão. Este valor pode variar muito, principalmente em regiões que estão sofrendo grandes mudanças, pelo crescimento da cidade ou, como acontece nas grandes cidades, pela degradação urbana que transforma bairros antes nobres em região de cortiços e sub-moradias.

.
Mas pelo menos os cálculos simplificados acima devem ter servido para mostrar que o cálculo da rentabilidade financeira de um investimento em construção depende do equilíbrio de diversos fatores, entre os quais estão o bom planejamento da obra, o capital disponível, a análise do mercado e a competência dos profissionais envolvidos, claro, sem esquecer da matemática financeira que pode transformar um empreendimento aparentemente viável em uma aplicação medíocre para o capital aplicado.

 .

Fonte : Fórum da Construção.

 .

02
dezembro

Venha viver a emoção de ser Dinâmica!

.

Já estamos praticamente concluindo os trabalhos neste ano de 2013, as nossas aulas terminam no dia 13 de dezembro, para os alunos que forem aprovados por média, e no dia 24 de dezembro para os alunos que ficarem em Recuperação Final.

 

O nosso Calendário Escolar 2014 já está pronto, as aulas começam no dia 3 de fevereiro e as matriculas para os alunos que já estudam na escola começam a partir do dia 2 de dezembro, na secretaria de nossa escola. Para os alunos novatos as matrículas começam no dia 9 de dezembro. Fiquem atentos e nos procurem para garantir a vaga do seu filho nesta escola que a cada ano que passa é mais sucesso, é mais educação, é mais Dinâmica!

 

Matriculamos alunos a partir de dois anos de idade, em salas específicas, com professoras capacitadas especialmente para o Ensino Infantil. Portanto, não perca a oportunidade de fazer parte da FAMÍLIA DINÂMICA.

 

Em 2014 a Escola Dinâmica continuará funcionando nos três turnos: manhã, Com os ensino Infantil, Fundamental e Médio; à tarde, com os ensinos Infantil e Médio; e à noite, com o Ensino Médio.

 

A Escola Dinâmica dispõe de professores graduados e pós-graduados nas mais diversas áreas de ensino. É, hoje, sem dúvida, umas das instituições de ensino mais conceituadas de nossa cidade, graças ao trabalho sério, visando formar o aluno para a cidadania. 

 

Oferecemos aulas de Inglês e Espanhol, Educação Física, com as modalidades Futsal e Voleibol, aulas de Dança, com a professora Valéria e de Música, com o professor Márcio Telles. Ressaltando que todas essas aulas estão incluídas no valor da mensalidade escolar.

 

Temos ainda uma ótima estrutura física, com salas amplas e climatizadas e dispomos de um ótimo espaço para recreação.

 

E então? O que é que você está esperando para começar a ser um aluno Dinâmica?! Venha nos fazer uma visita e saber o motivo pelo qual somos hoje uma das escolas mais conceituadas de Santa Cruz do Capibaribe! Não perca mais tempo… Venha viver a emoção de ser DINÂMICA e conhecer um jeito divertido de aprender.

 

Informações: (81) 3731.2694

 

02
dezembro

Muro das lamentações

Trecho da “Coluna da segunda-feira”, escrito pelo jornalista e blogueiro.

.

Fonte: Blog do Magno.

02
dezembro

02
dezembro

Santa Cruz do Capibaribe ganha Lojas Fátima

 

Santa Cruz do Capibaribe agora conta com uma revenda autorizada exclusiva, a primeira do nordeste, de marcas que são consolidadas no mercado nacional que foi inaugurada nesta sexta-feira (29). As Lojas Fátima foi apresentada aos amigos, colaboradores e clientes com as bênçãos do padre Adriano e músicas do grupo EJC de Santa Cruz do Capibaribe.

 

 

Com uma proposta de oferecer o que há de melhor no universo fashion, as Lojas Fátima vem oferecer um novo conceito em moda para o agreste pernambucano. Com produtos de reconhecida qualidade, que tem as marcas Malwee, Enfim, ZIG ZIG ZAA, Malwee Liberta e Carinhoso, buscam atualizar o guarda-roupa para todas as idades, com o melhor da moda adulto e infantil.

 

E o diferencial das Lojas Fátima, além dos produtos, é aquele atendimento personalizado que faz de você, mais que um cliente, e sim um parceiro que terá um produto fashion, confortável com um preço acessível.

 

 

Lojas Fátima – Um Novo Conceito em Moda Serviço – Rua Raimundo Francelino Aragão, 225, fone 3731-7762 (ao lado da Caixa Econômica Federal)

 

 

Informações da Assessoria

02
dezembro

Residência é alvejada a bala no Bairro Bela Vista

 

Foto: Fernando Lagosta.

 

Uma casa foi atingida por disparos de arma de fogo, a residência está localizada na Rua Maria Pereira da Rocha no Bairro Bela Vista, na noite deste domingo (01).

 

De acordo com populares, dois homens chegaram em uma motocicleta de marca e placa não informadas. Um deles com uma arma em punho desceu da moto e foi até a porta e efetuou cinco disparos contra a mesma, em seguida, foram embora após perceber que não havia ninguém na casa.

 

Os moradores já haviam mudado de endereço no meio da semana.

02
dezembro

Duas pessoas são baleadas no bairro São Miguel após tentativa de homicídio

Fotos: Fernando Lagosta.

 

Na noite deste domingo (01), uma tentativa de homicídio resultou em duas pessoas baleadas.

 

O fato aconteceu nas proximidades da construção da Praça do PAC, na Rua Zenilde Lira, no Bairro São Miguel.

 

 

De acordo com informações, Tércio Girley Cândido da Silva (29 anos), residente no Loteamento Nova Morada, efetuou vários disparos de arma de fogo contra Manoel Messias Trajano da Silva (24 anos), residente no bairro Santa Tereza, um dos tiros alvejou a vítima no braço direito na altura do ombro.

 

Na sequência, o acusado pela tentativa de homicídio trocou tiros com a polícia. Na ação, Tércio foi alvejado com dois tiros, um no braço direito, chegando a fraturar e outro na perna esquerda. Após ser atingido, o mesmo caiu na calçada da Igreja Adventista do bairro São Miguel.

 

Um veículo que estava nas proximidades também foi atingido.

 

A Unidade Móvel do Samu foi acionada e levou as vítimas ainda com vida para o Hospital Municipal, em seguida foram transferidos para o Hospital Regional do Agreste (HRA) em Caruaru.

01
dezembro

Ação: Avenida é asfaltada em Toritama

 

 

Um pleito antigo da cidade de Toritama, agreste pernambucano, se tornou realidade após uma ação do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) em conjunto com o prefeito Odon Ferreira (PSB) e sua vice Lucinha (PSDB). A Avenida do Comércio, uma das principais vias do município foi totalmente requalificada, melhorando a infra-estrutura do centro da cidade. A avenida comporta importantes empresas, e é uma das entradas da cidade.

 

“Essa é mais uma obra, fruto de nossa parceria com o deputado Diogo Moraes que está sempre presente em Toritama”. Comemorou o prefeito Odon Ferreira.

 

A qualidade e velocidade que a obra foi concluída chamaram a atenção, iniciada no sábado 30, e já no domingo 01, os serviços que foram acompanhados por populares e políticos, estavam sendo concluídos.

 

 

“O prefeito havia se comprometido com essa ação que concluímos com qualidade e rapidez. Esse asfaltamento faz parte de um conjunto de obras de infra-estrutura que iremos implementar na “Capital do Jeans” ”. Pontuou Diogo.

 

Informações da Assessoria.

 

01
dezembro

Avant Comunicação e Mídia reúne colaboradores, clientes e parceiros para confraternização de final de ano e apresenta os resultados obtidos em 2013

 

 

 

 

Na noite da última sexta-feira (29), a Avant Comunicação e Mídia reuniu seu grupo de colaboradores e empresas parceiras para um evento de confraternização que contou com a participação do cantor Nando Cordel.

A Avant Comunicação e Mídia é uma produtora voltada para a criação, desenvolvimento e distribuição de conteúdo, com atuação direcionada para empresas do Polo de Confecções de Pernambuco.

 

Atualmente a Avant Comunicação e Mídia detém o controle da Revista Moda Center, Rádio Polo FM, Blog do Ney Lima e Stúdio Avant.

 

O evento contou com a parceria das empresas Sign Digital e Gráfica Pontual que, através dos seus diretores, expuseram os resultados obtidos em 2013 e as metas para o ano de 2014.

 

As empresas que anunciaram suas marcas nos veículos de comunicação mantidos pela Avant no ano de 2013 foram convidadas para participar do evento. Empresários, personalidades públicas e profissionais de imprensa de diversos veículos se reuniram em uma noite de muita alegria.

 

 

O empresário Émerson Elias falou sobre a estrutura da Sing Digital

 

A representante da Gráfica Pontual, Eronita Silvia, explicou sobre os avanços obtidos pela empresa nos últimos anos

 

 

O diretor da Avant Comunicação e Mídia e editor deste Blog, Ney Lima, apresentou os resultados obtidos pela Revista Moda Center, Blog do Ney Lima, Rádio Polo FM e Stúdio Avant.

 

 

 

 

 

 

O cantor Nando Cordel foi a principal atração da festa

 

 

 

Durante este mês de dezembro, o Blog do Ney Lima estará publicado as fotos dos participantes do evento em uma ilustração especial e nas próximas semanas os clientes e parceiros receberão em casa uma novidade que está sendo produzida pela Avant.

01
dezembro

Do Blog Sulanca News

 

 

01
dezembro

Centenas de estudantes realizam as provas do primeiro vestibular à distância da IFPE em Santa Cruz do Capibaribe

.

Na manhã deste domingo (01), está sendo realizado o primeiro Vestibular 2014 do Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) para cursos na modalidade semipresencial ou a distancia (EAD), em Santa Cruz do Capibaribe.

 

Depois da reabertura do polo de ensino a distância, que funciona na Escola Padre Zuzinha,  centenas de estudantes se inscreveram para concorrer a uma das vagas para os cursos de Tecnologia de Gestão Ambiental, Licenciatura em Geografia e também em Matemática.

 

As provas, que começaram as 9h e terão quatro horas de duração, são compostas por 30 questões do tipo múltipla escolha e mais uma redação.

 

De acordo com informações do site da instituição, 30% das vagas são preenchidas pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção é feita pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

 

A expectativa é que os resultados já sejam divulgados até o começo de janeiro de 2014.

01
dezembro

Noite de domingo será recheada de várias atrações na segunda edição do Santa Cruz tem Talento

.

Neste domingo (01), o Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe irá sediar a segunda edição do  Santa Cruz tem Talento.

 

O evento reunirá, no mesmo palco, 20 artistas locais que farão apresentações em diversas modalidades como música, teatro, dança, poesia, imitação, declamação, stand-up entre outras.

 

As apresentações começarão a partir das 19h30 e os ingressos, que custam R$10,00, serão vendidos no dia das apresentações, na bilheteria do teatro.

Notícias Anteriores