Máquina retorna aos treinos de olho na Série D

Ypiranga treina forte para a disputa da Série D. Fotos: Elivaldo Araújo.

 

Depois de quase um mês de interrupção das competições nacionais por causa da Copa das Confederações, a Máquina vem se preparando para o retorno do torneio nacional pela Série D.

 

Durante esse intervalo, a equipe realizou três amistosos, e obteve duas vitórias e uma derrota.

 

No próximo domingo (07), o Ypiranga enfrentará o Tiradentes (CE), no Estádio Presidente Vargas em Fortaleza, ás 16h.

 

A equipe cearense é a líder do grupo com quatro pontos em duas partidas disputadas, o Ypiranga disputou apenas um jogo e é o 4º colocado com um ponto.

 

Para a partida, o Ypiranga realizou um treinamento na tarde desta terça-feira (02) e o treinador Gaúcho focou a marcação e finalizações dos atacantes.

 

Mais caras novas:

 

Para a sequência no torneio, a equipe alviazulina contratou o meia esquerda Clayton Maranhense, que estava no Cori-Sabbá  do Piauí.

 

Clayton Maranhense chega para reforçar o elenco.

 

Esta semana, está programada a vinda do goleiro Adson do Quixadá. O atleta conquistou, junto com a equipe cearense, o acesso a primeira divisão do estadual com o vice campeonato da segunda divisão.

 

Outra novidade deverá ser o atacante argentino Diego Jaime, vindo do Deportivo Laferrere, que disputa a terceira divisão do campeonato argentino.

 

De saída:

 

Dois atletas deixaram o Ypiranga, tratam dos atacantes Neto e Leandro Bispo.

 

De acordo com a diretoria, mais dois atletas (um meia e um atacante) deverão deixar o clube nos próximos dias, mas tiveram seus nomes divulgados.

 

Leandro Bispo e Neto deixam o elenco. Novas dispensas devem ser anunciadas.

 

Vereadora Jessyca apresenta denúncia contra Socorro Maia

 

 

A vereadora Jéssyca Cavalcanti (PTC) entrou com uma representação no Ministério Público na manhã desta terça (02) contra a ex-secretária municipal de Educação de Santa Cruz do Capibaribe, Socorro Maia. A ação questiona a estabilidade financeira de Socorro, que alega ser funcionária efetiva do quadro de funcionários do município desde o ano de 1968.

 

Segundo Jéssyca, em entrevista às Rádios Farol FM, Filadélfia FM e Vale do Capibaribe, informações extraoficiais davam conta que Socorro não seria funcionária efetiva, o que deverá ser confirmado após as averiguações do MP. “Soube que ela não fazia parte do quadro de efetivos, o que deverá ser confirmado em breve. Fiz esse questionamento ao Ministério Público e pedi a imediata suspensão do pagamento dos salários dela, que somente este ano já ultrapassaram a quantia de 50 mil reais”, disse.

 

Ainda de acordo com a vereadora, através de documentos, foi constatado um lapso temporal de 20 anos, pois Socorro só figura como funcionária pública do município entre 1968 e 1980. “Ela desaparece misteriosamente dos arquivos e folhas de pagamentos, voltando a surgir no período entre 1993 e 1995, já com cargo comissionado, como secretária de Educação”, afirmou ela, que completou, “após isso ela só volta a aparecer nos quadros do município em 2002, novamente como secretária de Educação onde permaneceu até dezembro de 2012. Dá-se então mais um lapso temporal, desta vez de 07 anos”.

 

 

“Ela tem que se defender, pois as denúncias são graves e creio que os pagamento deverão ser suspensos até que ela prove que tudo ocorreu de forma lícita”, disse Jéssyca que explicou que no dia 20 Julho de 2007 a ex-secretária foi agraciada com a sua estabilidade financeira pelo então prefeito José Augusto Maia, como professora de nível IV, tal promoção foi despachada para o então secretário de Administração, Dr. Neydson Eduardo, que enviou o documento para parecer Jurídico do procurador do Município, Dr. Licoln de Lima Carvalho, que deu deferimento ao pedido de estabilidade financeira de Socorro Maia, através da portaria nº 159/2007.

 

‘Caso essas irregularidades sejam comprovadas, trata-se de improbidade administrativa a gerar efeitos e sanção sob a ótica cível, administrativa e criminal, pois foi comprovada a presença de uma pessoa à frente de cargo público sem concurso e, ainda mais, auferindo vantagens próprias de servidor de carreira.

 

Informações da Assessoria.

Jovem é morto a tiros na “cracolândia” de Santa Cruz do Capibaribe

Policial observa mais um homicídio praticado em Santa Cruz do Capibaribe. Fotos: Fernando Lagosta e Luciano Lopes.

 

Na madrugada desta quarta-feira (03), mais um crime de morte foi registrado em Santa Cruz do Capibaribe.

 

O fato aconteceu por volta das 2h40 nas proximidades do Mercado de Farinha (ponto também conhecido como “Cracolândia”).

 

 

De acordo com as informações da polícia, a vítima identificada por Jefferson Leonardo Timóteo (20 anos, conhecido como “Léo Porquinho”) foi alvejado com vários disparos de arma de fogo, que atingiram a região do tórax e do rosto.

 

Além da face, tiros também atingiram o tórax da vítima.

 

Uma equipe do Samu chegou a ser acionada, mas a vítima já estava morta.

 

Divida de drogas pode ser a motivação do crime

 

Ainda segundo a polícia, Jefferson era ex-presidiário e estava em liberdade há aproximadamente um mês, onde cumpriu pena por associação ao tráfico no presídio localizado na cidade de Pesqueira.

 

De acordo com o pai da vítima (que não terá seu nome revelado), Jefferson também era viciado em crack e não usava a droga desde que saiu do presídio, mas já esperava que algo assim acontecesse, afirmando que a possível motivação do crime seria uma possível dívida de drogas.

 

“Cada um que vive isso aí, tem que tomar o exemplo dele para não acabar assim. Quem tem filho que usa o crack, sabe muito bem o que eu estou falando”, destacou.

 

Com este, já é o 21º homicídio em 2013. Ouça o relato chocante do pai da vítima, clicando no link a seguir: >>>Pai

 

 

Um os projéteis foi encontrado próximo ao corpo.

 

 

Mais um homicídio é registrado em São Domingos

Fotos: Fernando Lagosta.

Na noite desta segunda-feira (01), por volta das 23h, mais um crime de homicídio foi registrado em São Domingos, de Brejo da Madre de Deus.

 

De acordo com informações da polícia, Elinando do Nascimento Silva (de 23 anos, conhecido como “Nandinho”) estava bebendo em um bar quando uma pessoa, ainda não identificada, se aproximou da vítima e disparou três vezes, onde dois tiros acertaram o tórax e o outro, a cabeça.

LOcal onde a vítima foi baleada.

 

Pessoas que estavam no local ainda chegaram a cobrir a vitima com um lençol, achando que Elinando estava morto, mas quando os policiais fizeram a verificação, notaram que ele ainda estava vivo, sendo socorrido e levado para o hospital municipal, onde recebeu atendimento para ser transferido para o Hospital da Restauração, no Recife.

 

Marcas de sangue na saída do bar mostram onde a vítima caiu.

 

Transferência para o Recife foi realizada pela ambulância do Samu.

 

Na manhã desta terça-feira (02), Elinando (que era ex-presidiário) veio a óbito, o que caracteriza o homicídio.

Suplementação orçamentária sofre pedido de vista

 

A polêmica proposta de suplementação orçamentária enviada pela Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe sofreu pedido de vistas na reunião extraordinária desta segunda-feira.

 

O pedido foi feito pelo vereador Ernesto Maia (PTB).

 

Governistas acusam a oposição de tentarem atrapalhar o governo e a oposição acusa o governo de não respeitar o direito dos vereadores de apreciarem o pedido.

A Prefeitura pede que a Câmara autorize, em regime de urgência, um pedido de suplementação orçamentária no valor de R$ 10 milhões de reais para a saúde, no orçamento deste ano.

 

Vânio Vieira participa do Rádio Debate nesta terça-feira

 

 

 

O vereador Vânio Vieira estará frente-a-frente com o editor deste Blog, Ney Lima, durante o programa Rádio Debate desta terça-feira (02). A participação faz parte dos novos quadros do programa. Detalhes sobre o início da trajetória política do vereador serão contados e participações especiais estão programadas.

Protesto em Toritama interdita BR-104

 

Foto: Ana Lúcia Bezerra

 

Um protesto acontece neste momento na entrada da cidade de Toritama. Os manifestantes interditaram as duas vias da Rodovia BR-104.

 

Uma fila quilométrica de veículos forma-se nos dois sentidos da via, a maioria são carros e ônibus que seguiam com destino a Feira de Caruaru.

 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os manifestantes protestam contra ações de fiscalização na região, entre outras causas.

 

 

 

 

Participe!

 

Repleto de novidades, Rádio Debate aborda denúncias sobre o Materno Infantil e o acirramento na política brejense

 

Manassés Simões, Marcondes Moreno, Emanoel Glicério e Ney Lima trazem os fatos mais relevantes da política e do cotidiano.

Na edição de estreia da nova programação da Polo FM, o Rádio Debate vem totalmente reformulado e repleto de novidades para os ouvintes.

 

Agora eles também se tornam parte das discussões, podendo interagir ao vivo com os debatedores por mensagens de texto e, além disso, novos quadros para deixar você por dentro de tudo o que acontece em Santa Cruz do Capibaribe, no estado e no país.

 

No comando, o blogueiro e radialista Ney Lima, cujas pautas serão debatidas pelo advogado Dr. Manassés Simões e pelos blogueiros Emanoel Glicério e Marcondes Moreno.

 

A participação da análise política também aumenta. Além de Inaldo Sampaio, o programa também terá a participação do blogueiro Igor Maciel, que trará as novidades políticas de Pernambuco e toda a região.

 

Para começar, foram debatidas a queda de popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT) após a grande onda de protestos que se espalharam por todo o Brasil, as denúncias polêmicas do radialista Isac Moura de que uma ambulância é usada para transportar lençóis sujos em detrimento de transferir sua esposa para outra unidade de saúde, já que ela estava com gravidez de risco e dos últimos fatos que acirram ainda mais a disputa para as eleições suplementares de 07 de julho, em Brejo da Madre de Deus.

 

Um desses fatos é a denúncia policial de Hilário Paulo (PSDC) que teria sido ameaçado de morte por supostos eleitores de Roberto Asfora no último fim de semana, fato veementemente rebatido por Asfora.

 

Se você não ouviu a edição do programa, clique no link  e ouça agora mesmo: >>>RádioDebate01-07-2013

 

Toda a equipe da Avant Comunicação & Mídia (no qual também engloba este blog) agradece a homenagem recebida pela cordelista e enfermeira Anne Karolynne e, é graças  a vocês leitores, que o nosso projeto caminha com êxito.

“O Gigante Acordou”. Será?

 

Euzébio Pereira Neto é advogado e presta Assessoria Parlamentar. Foi presidente e diretor na União dos Estudantes de Santa Cruz do Capibaribe (UESCC). Começou a escrever e compartilhar seu “Ponto de Vista” na imprensa digital em 2008, tendo criado, posteriormente, uma página pessoal, o Blog Ponto de Vista.

Todos têm visto (e até participado) das manifestações que tem acontecido por todo o Brasil, que há mais de duas semanas eclodiram com as “vozes da rua” pedindo mudanças do poder público nos mais variados segmentos.

 

O problema é que muitos estão eufóricos com o “gigante que acordou”, mas quando analisamos os ganhos obtidos com as manifestações, percebemos que as conquistas foram muito tímidas e com um risco de inverter a situação: o povo na rua deixa de ser solução e passa a ser culpado pelas mazelas do país. Hoje o povo é o responsável de forma indireta.

 

A derrubada da PEC 37 (em uma reunião que mais parecia um circo na Câmara dos Deputados), a transformação da corrupção em crime hediondo ou o anúncio de 50 bilhões em investimentos em mobilidade urbana estavam previstos, tendo sido apenas uma resposta para acalmar os ânimos. E funcionou, pois a maioria dos que estavam na rua querem mudança, mas não têm histórico de mobilização ou de discussão política para definir como e quais as mudanças são necessárias, assim são facilmente enganados pelos governantes e políticos que tanto foram criticados.

 

E, tendo em vista que os pedidos foram tão genéricos e simples, foi fácil para o governo “atender a demanda”.

 

A reforma política é sim fundamental, mas colocar esta responsabilidade nas mãos do povo (que em sua maioria não tem discernimento para decidir) é o mesmo que deixar as ovelhas aos cuidados dos lobos, pois o povo será induzido ao erro, por aqueles que estão atualmente no comando.

 

Por isso, entendo que a melhor alternativa para esta proposta seria se criar um grupo, composto de juristas, estudiosos, instituições e legisladores para elaborar uma proposta e, após, passar pelo referendo da população, tendo em vista que, como disse antes, se a população decidir sem os discernimentos necessários, poderá ficar refém de sua própria (mau) escolha, tal como acontece atualmente com os votos que esta mesma população dá em políticos corruptos, picaretas e mau caráter que estão ocupando cargos eletivos atualmente.

 

Infelizmente, muitas questões fundamentais não foram lembradas, tal como a taxação das grandes riquezas, a democratização dos meios de comunicação, o endurecimento das legislações que tratam da corrupção (e não somente dizer que é crime hediondo, quando os políticos sempre conseguem prolatar seus julgamentos com manobras), dentre outros temas.

 

Um ponto extremamente positivo que vejo é que o povo foi para rua e isso é o inicio para uma participação mais efetiva (que é o que defendemos), mas não devemos cair na facilidade de acreditar que “o gigante acordou”, quando percebemos que não é bem assim.

 

O conteúdo dos artigos é de responsabilidade dos seus escritores e não representa necessariamente a opinião deste Blog.

Já aconteceu: Ministério Público perde prazo da Satiagraha e Daniel Dantas se livra da cadeia

 

Guaraci Baldi é jornalista e publicitário. Está em Pernambuco desde junho de 2000, criou o Jornal Cidade e o primeiro portal de Santa Cruz do Capibaribe na internet, O Clic Santa Cruz.

O título que você lê acima não é uma piada. A Procuradoria Geral da República (PGR) perdeu o prazo para recorrer no STJ da decisão que anulou as provas obtidas pela Polícia Federal na Operação Satiagraha.

 

Isso mesmo, o nosso zeloso Ministério Público Federal vai deixar Daniel Dantas ficar livre, simplesmente porque perdeu o prazo para recorrer de uma decisão, que muitos ministros do STJ consideravam absurdas, e que cairia no Pleno do Tribunal.

 

Não estamos falando de um processo trabalhista de 500 reais. Estamos falando do processo penal mais importante em andamento no país, contra a quadrilha mais poderosa que se tem notícia. O maior absurdo disso tudo é que a PGR disse que não foi notificada, depois que passou para um subprocurador que teria se aposentado. Daqui a pouco vai colocar a culpa no contínuo.

 

Se este fosse um país sério, neste momento o Procurador Geral, Roberto Gurgel, estaria demitido e o responsável pelo processo estaria se preparando para dormir na prisão.

 

Esta matéria foi publicada no dia 20 de maio deste ano, no blog www.brasilverdade.net. Leia na íntegra, clicando aqui.

 

Pesquisando sobre o assunto da PEC 37 para a coluna, além do material acima, vejam o que encontrei. Na verdade, aqui nesta lei (12.830), não diz que o MP está proibido de conduzir investigações, mas deixa bem claro que o poder investigativo e formador de inquérito judicial, está nas mãos dos delegados de Polícia (Civil e Federal).

 

Então fica a pergunta: A PEC 37 caiu, mas e seu conteúdo, caiu também?

 

 

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

 

LEI Nº 12.830, DE 20 DE JUNHO DE 2013.  

 

Dispõe sobre a investigação criminal conduzida pelo delegado de polícia.

 

A PRESIDENTA DA REPÚBLICA  Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

 

Art. 1o  Esta Lei dispõe sobre a investigação criminal conduzida pelo delegado de polícia.

Art. 2o  As funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais exercidas pelo delegado de polícia são de natureza jurídica, essenciais e exclusivas de Estado.

§ 1o  Ao delegado de polícia, na qualidade de autoridade policial, cabe a condução da investigação criminal por meio de inquérito policial ou outro procedimento previsto em lei, que tem como objetivo a apuração das circunstâncias, da materialidade e da autoria das infrações penais.

§ 2o  Durante a investigação criminal, cabe ao delegado de polícia a requisição de perícia, informações, documentos e dados que interessem à apuração dos fatos.

§ 3o  (VETADO).

§ 4o  O inquérito policial ou outro procedimento previsto em lei em curso somente poderá ser avocado ou redistribuído por superior hierárquico, mediante despacho fundamentado, por motivo de interesse público ou nas hipóteses de inobservância dos procedimentos previstos em regulamento da corporação que prejudique a eficácia da investigação.

§ 5o  A remoção do delegado de polícia dar-se-á somente por ato fundamentado.

§ 6o  O indiciamento, privativo do delegado de polícia, dar-se-á por ato fundamentado, mediante análise técnico-jurídica do fato, que deverá indicar a autoria, materialidade e suas circunstâncias.

Art. 3o  O cargo de delegado de polícia é privativo de bacharel em Direito, devendo-lhe ser dispensado o mesmo tratamento protocolar que recebem os magistrados, os membros da Defensoria Pública e do Ministério Público e os advogados.

Art. 4o  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 20 de junho de 2013; 192o da Independência e 125o da República.

 

DILMA ROUSSEFF
José Eduardo Cardozo
Miriam Belchior
Luís Inácio Lucena Adams

 

 

O São João passou

 

E não esquecemos não, viu? É como diz a música de Roberto Carlos:

 

“O show já terminou, vamos voltar à REALIDADE, não precisamos mais, usar aquela maquiagem, que escondeu de nós, uma VERDADE que insistimos em não ver…”

 

– Realidade e verdade da denúncia da Farra das Locações;

 

– Da imortalidade e falta de vergonha na cara, quando uma suposta profissional, contratada para controlar as ações do governo, é corrompida e se vende para o governo seguinte, faz uma auditoria(?) nas suas próprias ações, diz que houve irregularidade e, pior, não prova o que afirma;

 

– Da muriçoca que inferniza a vida do povo, provocando doenças;

 

– Do transporte ilegal e imoral de lixo hospitalar por ambulâncias;

 

– Do extrativismo ilegal de areia do Rio Capibaribe e seus afluentes;

 

– Da mentira de que o município ganhou do governo do estado duas máquinas, fruto do trabalho da gestão, quando os municípios do país foram contemplados com tais equipamentos;

 

– Do governo que só faz alguma coisa, quando a denúncia sai aqui no Blog do Ney;

 

– Da “Chance” que os professores deram a esta gestão, para serem enganados com a nomeação do vice-prefeito, como secretário de Educação (será que ele vai receber pelos dois cargos?);

 

– Da falta de transparência e responsabilidade com o povo, que até agora, ao invés de receber o tal choque de gestão, só levou choque da atual gestão;

 

Pão e Circo

E eles dizem que as administrações anteriores viviam só de Pão e Circo. As mesmas que criaram o Moda Center salvando a nossa economia, que criaram as Vias de Acesso, que trouxeram as águas de Tabocas e Jucazinho acabando com o racionamento, que construiu o Bloco Cirúrgico, que durante seu governo tirou todas as crianças da rua e colocou na sala de aula, que colocou Santa Cruz do Capibaribe no mapa, ao atingir um dos maiores Índices de Desenvolvimento Humano do país, que foi exemplo em Segurança para todo Pernambuco e Brasil, que foi referência em Educação ao ser classificada em 1º lugar no Nordeste e 3º no país, nos índices do IDEB.

 

Até agora a atual gestão só fez festa. Não sou contra festas, como já disse antes é cultura, mas a cidade também precisa de cuidados e investimentos, mínimos que sejam, na saúde, na infraestrutura, na educação, na segurança… e já teria dado tempo suficiente, para ações concretas nestas áreas.

 

Baixaria

 

Não me lembro de ter presenciado ou ter sido informado de que, no passado, pessoas ou políticos ligados aos bocas-pretas, tenham sido agredidos, difamados ou intimidados, durante as festas juninas ou qualquer outra festa.

 

Que eu me lembre sempre houve respeito. As pessoas não eram recebidas com chuva de restos de comida, vindas dos camarotes e não eram agredidas com palavrões e outras coisas mais. Sempre ouvi dos responsáveis pela organização das festas daquela época, tanto nas reuniões, como no palco, que era para respeitar. Inclusive os locutores eram alertados, constantemente, para terem cuidado.

 

É uma pena que as lideranças de agora, os que estão à frente do poder, não estejam dando o exemplo, não estejam exigindo dos seus comandados o devido respeito. Frases ditas no palco como “Aceita que dói menos”, além de mostrar um revanchismo barato, provoca ira. E isto não é bom. Baixaria nunca é bom, respeito é melhor. E não é com dinheiro que se compra, ele vem de casa.

 

Até a próxima.

 

Guaraci Baldi

 

Obs. – Colaborações e comentários para esta coluna podem ser feitas através do e-mail guaraci.baldi@ig.com.br

 

O conteúdo dos artigos é de responsabilidade dos seus escritores e não representa necessariamente a opinião deste Blog.

Corrida da Fogueira reúne cerca de 200 atletas em diversas categorias

Evento reuniu corredores de várias cidades e categorias. Fotos: Ascom prefeitura municipal.

 

A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Diretoria de Esportes, realizou no último sábado (29) a Corrida da Fogueira.

 

O evento que visa valorizar o esporte amador na cidade, contou cerca de 200 inscrições de atletas santa-cruzenses, de cidades e estados vizinhos.

 

Corredores masculinos eram maioria no evento.

 

O diretor de esportes, Rubens Monteiro, ressalta que não têm medido esforços em prol dos desportistas do município através de apoio e realização de eventos: “tenho certeza que o caminho é esse, junto com prefeitura dar oportunidade ao esporte amador que sempre foi tão carente em nossa cidade”, disse.

 

A largada da Corrida da Fogueira foi na Avenida 29 de Dezembro, percorrendo 8 km na PE-160, voltando para finalizar na mesma Avenida.

 

Corredores percorreram os oito quilômetros de prova.

 

Confira os vencedores de cada categoria:  

 

Masculino Geral – Enio Kleiton de Lima, de Caruaru (PE)

Feminino – Ednalva Laureano da Silva, de Campina Grande (PB)

Masculino até 19 anos – Gleisson da Silva

Masculino de 20 a 24 anos – Johnatan Ribeiro Chaves, de Garanhuns (PE)

Masculino de 25 a 29 anos – Genivaldo de Sousa Silva, de Lagoa dos Gatos (PE)

Masculino de 30 a 34 anos – Josinaldo José da Silva, de Cupira (PE)

Masculino de 35 a 39 anos – Elias Sérgio Ferreira, de Palmares (PE)

Masculino de 40 a 44 anos – Inácio de Loiola Morais, de Monteiro (PB)

Masculino de 45 a 49 anos – José Henrique da Silva, de Cupira (PE)

Masculino de 50 a 54 anos – José Eudimar Fechine, de Soledade (PB)

Masculino a partir de 55 anos – José Clementino da Silva, de João Pessoa (PB)

 

 

Pódio masculino.

 

Pódio feminino.

Além da premiação em dinheiro e troféus para os primeiros colocados das categorias, foram sorteadas três bicicletas, brindes e entregues medalhas a todos os participantes que concluíram a prova. Também receberam troféus e medalhas os atletas paralímpicos Jeanderson Douglas e José Augusto por terem completado a prova.

 

Atletas paralímpicos também marcaram presença.

 

Informações da Assessoria.

Diretora do Materno Infantil fala sobre polêmico caso de mau atendimento denunciado pelo radialista Isac Moura

 

Foto: Facebook.

Na manhã desta segunda-feira (01), a diretora do Hospital Materno Infantil Fernanda Gomes falou sobre o polêmico caso denunciado pelo radialista Isac Moura, de que sua esposa teria sido vítima de mau atendimento prestado por aquela unidade hospitalar.

 

De acordo com o radialista, em nota e fotografias enviadas a imprensa, sua esposa estava com uma gravidez de risco e necessitando ser transferida para outra unidade hospitalar.

 

A transferência, segundo ele, não teria acontecido porque a ambulância daquela unidade estaria sendo priorizada para transportar lençóis sujos do hospital segundo Isac.

 

O radialista também afirmou que a diretora teria lhe prestado um “atendimento diferenciado”, fato criticado pelo profissional de comunicação.

 

Confira a resposta, na íntegra, dada por Fernanda Gomes:

 

Nota resposta – Hospital Materno Infantil

  .

No dia 20 de junho de 2013, realmente a Sra. Cibele Moura deu entrada para ser atendida no Hospital Materno Infantil, acompanhada de seu esposo o Sr. Isac Moura e a Sra. Nete Vieira (diretora da AME).

 

A senhora Cibele, foi atendida pela enfermeira obstetra do plantão, onde foi confirmada a hipertensão e realmente a mesma não poderia aguardar para realizar a cirurgia cesariana que estava marcada para o dia 21 de junho e a partir daí a médica realizou a ligação para solicitar a senha de transferência.

 

Gostaria de frisar que conheço o Sr. Isac Moura desde minha infância, poderia dizer inclusive que é uma pessoa que teve um vinculo de amizade com minha família. Porém o fato de ser uma pessoa a qual tenho conhecimento e proximidade, não quer dizer que terá um atendimento diferenciado dos outros pacientes.

 

Não é da minha índole, e muito menos do meu princípio de gestão, oferecer a quem quer que seja um atendimento diferenciado. Pois acredito que a saúde oferecida aos cidadãos deve ser única e sem diferenças.

 

Recordo-me inclusive que ao encontrar o Sr. Isac Moura no corredor, o cumprimentei como faço com todos os pacientes que encontro no corredor do hospital, perguntei inclusive se estava precisando de algo. O mesmo respondeu que estava aguardando sua esposa ser avaliada pela enfermeira e desde então me coloquei a disposição para qualquer necessidade.

 

Após examinada, a Sr. Cibele foi liberada para ir em sua residência para pegar seu pertences pessoais e retornar a unidade para ser transferida. Porém mesmo assim propus que a mesma ficasse em repouso no hospital enquanto o Sr. Isac providenciasse o que fosse necessário para a viagem. Pois o meu propósito era que ela não se cansasse. Enquanto isso foi providenciado tudo o que é necessário para uma transferência segura.

 

Como o número de atendimento em nossa unidade aumentou consideravelmente. Nesse mesmo dia foram realizados 05 (cinco) partos normais naquela manhã e teríamos mais 03 (três) partos para serem realizados, além dos atendimentos na emergência pediátrica, com isso precisávamos de mais lençóis e mais materiais caso contrário os atendimentos poderiam sofrer interferência com a falta de tais materiais.

 

Solicitei que o motorista fosse buscar o material e voltasse para seguir em transferência, pois todos os carros que dispomos estavam em viagem e não chegariam a tempo, e a senhora Cibele estava devidamente acomodada. O Sr. Izac fez um questionamento sobre o motivo pelo qual sua esposa ainda não havia ido.

 

Mediante o respaldo técnico de que sua senhora poderia aguardar por um breve período, optei por não deixar o serviço de nosso hospital parar. Até porque haviam mais três mulheres em trabalho de parto e a qualquer momento e poderiam chegar uma outras urgências na unidade.

 

Estou a 06 (meses) a frente da Direção do Hospital Materno Infantil. Assumi o hospital sem medicamento, sem lençóis, cheio de baratas, ratos e muito lixo. Não existia ambulância no hospital para transferência, a ambulância como muitos viram ficava na área externa com todos os pneus furados, exposta a sol e chuva e era pago o valor de R$ 5.000 (cinco) reais pelo aluguel da mesma. A comida que existia no hospital estava sendo comprada pelos próprios funcionários.

 

Hoje no hospital:

 

São realizados cerca de 5500 por mês atendimentos pediátricos enquanto que em dezembro de 2012 foram realizados 500; São realizados uma média de 50 partos por mês, antes eram realizados 20; Contamos com 06 leitos de observação pediátrica, 08 leitos de internamento pediátrico com ar condicionado, as crianças e acompanhantes recebem 06 refeições diárias, inclusive os paciente que estão em observação; Hoje não existem mais baratas, nem ratos.

 

Apesar da estrutura do prédio ser muito antiga, o hospital é limpo diariamente 24hs por dia. Temos uma ambulância exclusiva 24hs para uso do hospital; assumi a responsabilidade do RX no mês de Abril, implantei o serviço de hora marcada para os RX ambulatoriais, onde o paciente não precisam esperar horas, com isso consegui aumentar de pouco mais de 400 Rx por mês para 1300 RX por mês.

 

Hoje temos 02 (dois) médicos de plantão 24hs na unidade e o principal: Independente do conhecimento politico ou grau de parentesco que existir. Desde o dia 01 de janeiro de 2013 até o dia em que responder pela direção do Hospital Materno Infantil o compromisso com o povo que assumi será mantido: oferecer uma saúde MELHOR e IGUAL para TODOS.

 

Entendo que o Sr. Izac Moura, estava ansioso com a chegada de sua criança e preocupado com a sua esposa, pois tem toda razão. Mas colocar em dúvida o meu comprometimento com o povo, realmente é questionável. Recordo ainda que quando sua senhora estava de saída para ser transferida, O SR. IZAC MOURA, CHEGOU ATÉ MIM E PEDIU DESCULPAS PESSOALMENTE PELA SUA EXALTAÇÃO.

 

Sabemos que somos seres humanos sujeitos a erros e que a cada dia podemos e devemos tentar melhorar. Assumi um compromisso com o povo e com a equipe de profissionais que fazem o Hospital Materno Infantil. Por esta razão adotei um modelo de gestão diferenciado, pois estou sempre nos corredores do hospital fiscalizando e conversando com as pessoas que lá estão sendo atendidas, porque é com o povo que definimos como eu e minha equipe devemos trabalhar. Tenho certeza que ainda há muito a se fazer para melhorar e vamos continuar trabalhando para isso.

.

Fernanda Gomes

Diretora do Materno Infantil de Santa Cruz

Em mais um plantão movimentado na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, policiais registraram várias  ocorrências, desde tentativa de homicídio,  tráfico de drogas e motos roubadas que foram recuperadas.

 

Em muitas das ocorrências, a participação da população em forma de denúncias anônimas se mostram como a principal ferramenta para que os policiais tenham êxito em suas ações.

 

Confira o resumo daquilo que aconteceu na Depol.

 

Mais uma tentativa de homicídio é registrada em Santa Cruz

 

Imagem: Ilustração.

Na noite deste domingo (30/06), a polícia registrou mais uma tentativa de homicídio em Santa Cruz do Capibaribe.

 

O fato aconteceu por volta das 23h na Rua São José, do Bairro Oscarzão. De acordo com informações da vítima e da polícia, José Ananias da Silva (21 anos e residente no referido bairro), estava bebendo com algumas pessoas em um bar e, ao voltar para sua residência, uma das pessoas que estavam com ele sacou de uma arma calibre 12 e atirou contra a vítima, que foi atingida de raspão no ombro esquerdo.

 

José foi levado ao Hospital Municipal e depois foi transferido para o Hospital Regional do Agreste, na cidade de Caruaru. Seu quadro de saúde é estável.

 

Perguntada por nossa equipe sobre quem teria desferido o tiro, a vítima não quis se pronunciar por medo de que seus familiares (esposa e dois filhos) sofressem algum tipo de represália.

 

A polícia já investiga o caso.

 

Adolescente traficante é apreendido em Toritama e trazido para a Depol de Santa Cruz do Capibaribe

 

Droga apreendida e, ao fundo, o adolescente infrator. Fotos: Fernando Lagosta.

 

Na noite deste domingo (30), policiais da Rocam apreenderam um adolescente de 15 anos em Toritama, no bairro da Cohab, após denúncia anônima de que ele estaria praticando tráfico naquele município.

 

Ao ser apreendido e revistado, foram encontrados com ele a quantia de 55 pedras de crack, prontas para venda e consumo.

 

O adolescente foi trazido para a Depol de Santa Cruz do Capibaribe.

 

De acordo com informações dos policiais que estavam na ocorrência, o adolescente já teve passagens por porte ilegal de arma de fogo.

 

O mesmo ficou a disposição do delegado de plantão.

 

Pistola de uso restrito e suspeitos foram levados para a Depol após denúncia anônima

 

Pistola municiada e material apreendido.

Na última sexta-feira (28), policiais receberam, através do Disque Denúncia, de que uma arma de fogo estava no interior de uma residência localizada na Avenida Teonilo Silvestre, no Bairro São Cristóvão.

 

Ao ir até o endereço informado, a polícia revistou a residência e também um veículo suspeito, mas nada foi encontrado, mas outra residência próxima, a arma (uma pistola 45, municiada), foi localizada.

 

As duas pessoas que estavam na residência denunciada foram levadas para a delegacia para prestar depoimento e alegaram que a arma encontrada não pertencia a nenhum dos dois, sendo liberados pouco tempo depois.

 

 

Quatro motos roubadas foram recuperadas pela polícia

 

Motos estavam abandonadas em matagal.

No último fim de semana, policiais recuperaram, após denúncia anônima, quatro motos roubadas e peças de outras motos (também roubadas) no sítio do Algodão, zona rural de Taquaritinga do Norte.

 

De acordo com as informações da polícia, José Gilson da Silva (22 anos e residente no bairro Neco Aragão) e três adolescentes (com idades entre 16 e 17 anos, que também estavam envolvidos na ocorrência) foram levados para a Depol de Santa Cruz do Capibaribe, junto com o material apreendido.

 

Foram recuperadas uma moto CG Titan, de cor vermelha (ano 2000, placa MMR 6025), moto Honda Biz vermelha (ano 2002, placa KKU 8771), uma Honda Bros vermelha (placa KKK 0226) e outra não informadas.

 

Todas estavam abandonadas em um matagal. Os envolvidos ficaram a disposição do delegado de plantão.

Notícias Anteriores